Pages

quarta-feira, 19 de abril de 2017

5 Colecções


Um dos meus grandes problemas é ser demasiado apegado às coisas. Por mais trivial que um objecto seja, se tiver algum tipo de significado para mim, é o suficiente para o armazenar no meu bunker a que chamo de quarto. Contrariamente à maioria dos casos que vão perdendo força com o avançar da idade, comigo não é bem assim. Aliás, já vos tinha falado AQUI da minha luta contra comportamentos de "acumulação excessiva". Talvez por isso é que sempre fui um grande coleccionador de tudo e mais alguma coisa. Foi precisamente a pensar nisso que elaborei uma lista com as minhas maiores colecções excluindo os carros de brincar, livros, álbuns de música e dvd's de filmes.

1. Canetas

Apesar de já não fazerem propriamente parte do meu dia-a-dia, as canetas coloridas (esferográficas, não de filtro, atenção) serão sempre o equivalente ao my precious do Senhor dos Anéis. Segundo consta herdei este interesse do meu bisavô materno, portanto vou utilizar esse facto como desculpa para a minha obsessão. Sempre fui um amante de cores e, como tal, adorava poder escolher que tons utilizar quando escrevia apontamentos nas aulas. Não vos consigo explicar o enorme gozo que me dava ter o estojo a rebentar de canetas. Não me atrevo a contá-las, até porque muitas já foram inevitavelmente fora, mas cheguei a ter mais de uma centena, sem exageros. 

2. Cromos

A colecção mais original da História, eu sei. Como muitos de vós, em tempos pertenci àquele grupo irritante de crianças que devoravam batatas fritas e bollycaos (quando ainda eram bons), em busca do tazzo ou cromo de oferta. Que nostalgia enorme só de me lembrar dessa época. Como não podia deixar de ser, acumulei tantos mas tantos "brindes", fossem meus ou de amiguinhos que arranjava maneira de me darem os deles, que cheguei a ter uma caixa enorme só para poder guardar tudo. Se não me engano, penso que ainda os tenha algures num baú, e não, ainda não estou preparado para me livrar deles embora.

3. Posters

A adolescência não é apenas sinónimo de acne, também é de posters no quarto. Am I right? O certo é que a dada altura, além das quatro paredes completamente tapadas por imagens de artistas, filmes, etc. cheguei ao cúmulo de expandir o território para o tecto. Sim, leram bem. A minha mãe ficava doente cada vez que entrava no meu quarto, mas eu vivia para aquilo. Organizava os posters e fotografias ao milímetro e seguia uma lógica estética que, na altura, me parecia bastante óbvia. Anos mais tarde é que percebo os graus de estupidez que emanavam daquele jovem, mas sabem que mais? Voltava a fazer o mesmo. Não me livrei deles, continuam meticulosamente arquivados em micas/dossiers, plural.

4. Revistas

Há quem coleccione edições da Vogue nas suas mesas de chá, o Ricardo não era tão elitista. Da Mariana à GQ, se viessem parar às minhas mãos, já não viam a luz do dia. Em minha defesa, nunca gastei dinheiro a comprar esse tipo de artigos, mas acabei por ficar com um conjunto astronómico de revistas que não interessavam para nada. Há uns anos atrás, numa das minhas limpezas-gerais, deitei tudo fora e questionei seriamente a minha sanidade mental ao ter deixado as coisas chegarem àquele ponto. É que se fosse por uma entrevista ou sessão fotográfica interessante, mas não. 

5. Sacos

Sinto-me sempre ridículo quando falo sobre isto mas sim, coleccionei sacos. Aquilo que começou inocentemente ao guardar um ou outro no armário, originou um exército deles. Na publicação do "Hoarder in the making" falei sobre isto mas, basicamente, um dia acabei por desenterrar dezenas e dezenas de sacos que fui guardando ao longo dos anos. "Grandes, pequenos, minúsculos, de papel, de plástico, até de Natal". O pensamento de "ah, pode dar jeito" ou "são giros" não é mais que uma desculpa esfarrapada para acumular lixo. Confesso que ainda tenho alguma dificuldade em não cair nos mesmos hábitos, mas estou definitivamente melhor.


Quais foram/são as vossas maiores ou mais estranhas colecções? Temos alguma em comum?

16 comentários:

  1. Confesso que a minha coleção de posters também foi enorme e cheguei a ter as paredes cheias tal como tu ahah E hoje em dia ainda "coleciono" sacos das compras, foi quase involuntariamente porque apenas os guardava num sitio para quando fosse preciso mas a verdade é que agora tenho imensos de diversas lojas!!

    Beijinhos!!
    Black Rainbow Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho o mesmo problema com os sacos! Começou por ficar num sítio no caso de "dar jeito" e quando fui a ver... eram imensos haha.

      Eliminar
  2. Sacos... aquele saco gigantesco ou gaveta que tem imensos sacos na altura em que não os tinhas que os pagar. Mas olha o meu Pai faz colecção de canetas... a minha mãe até mandou fazer um móvel de propósito para ele colocar as canetas pois já não havia espaço LOL

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  3. Eu faço colecção de bilhetes e papelinhos, mas não me julgo muito porque acho amoroso recordar um bilhete de cinema, avião ou um bilhetinho a dizer algo que, para mim, tem significado. Depois colecciono postais porque, entre familiares e amigos, ainda enviamos uns aos outros e eu acho isso espectacular (mesmo que muita gente considere arcaico). E também colecciono canecas e marcadores de livros. Adoro marcadores de livros e dá cabo de mim ver alguém a dobrar o canto da folha. Gosto de ter dos mais variados tipos e feitios, são o meu tesouro! E acho que, de momento, são estas as minhas únicas colecções :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também colecciono bilhetes! Tenho esse hábito desde que era miúdo e é fantástico como um mero papel nos consegue transportar de volta para a sala de cinema :)

      Eliminar
  4. tenho o mesmo problema com canetas e com bilhetes de cinema, guardo-os a todos.

    E. ♥ Meet me for Breakfast

    ResponderEliminar
  5. A minha perdição são canetas, cadernos (e basicamente qualquer produto de papelaria), globos de neve, porta-chaves e canecas.

    ResponderEliminar
  6. Eu não coleciono nada mas sei o que falas quando dizes que tens apego às coisas. Tenho imensa tralha de anos passados que não consigo deitar fora mesmo pelo significado que têm.
    A coleção de sacos MATOU-ME! Eu tenho um monte deles no canto do quarto e acabei de me aperceber que devia de me livrar deles antes que isto se torne uma obsessão ahah!

    My Own Anatomy 🌻

    ResponderEliminar
  7. Ahahah a coleção mais estranha que fiz foi a de lenços de papel... tinha de todas as cores, cheiros e feitios! Acabei por os gastar todos uma vez que fiquei com gripe :)

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Eu fiz coleção de cromos de futebol há uns anos mas deixei-me disso. É muito dispendioso pois chegava a gastar 10€ em 10 saquetas de cromos para só me sair 1 que precisava para a coleção...
    Agora dediquei-me a colecionar moedas raras que encontro por acaso. :)
    Beijinhos grandes e muitas felicidades!
    chamammepequenita.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Também colecciono canetas e também sou louca por revistas.:p

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Olá Ricardo, já fui um pouco como você, atualmente não coleciono nada. Cansei de guardar coisas que nunca iria usar. Já colecionei posters, tal como tu, revistas de moda e livros. A pior foi, sem dúvidas, sacos das prendas que recebia, lol, eu guardava todas. Hoje estou super minimalista, sem excessos mesmo. Sabes que pessoas do signo de carneiro gostam de colecionar coisas, seria teu signo?

    Já estou seguindo-te, pois adorei teu blog, falas muito bem.
    Beijinhos!

    ♡ Blog Life Enthusiast

    ResponderEliminar
  11. Também já coleccionei canetas, mas já tive de tudo um pouco: desde moedas de Euro, algo que ficou para trás, porque deixei de ter paciência. Também já andei maluquinha por etiquetas de roupa e afins, agora acho que não tenho assim nenhuma colecção em especial (tirando as capas de iphone eheh) :D
    let's do nothing today

    ResponderEliminar
  12. Eu já coleccionei cromos, posters, revistas e pins :p agora já não ligo a nenhuma dessas coleções. Dou por mim a empilhar receitas e artigos, mas não os colecciono.

    Beijinho

    http://thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...