Pages

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Sound the Alarm ⤫ Álbuns a ouvir #27


1. Kehlani  SweetSexySavage
MUST LISTEN: DISTRACTION | UNDERCOVER | ADVICE | DO U DIRTY | THANK YOU

SweetSexySavage é o título perfeito para descrever o primeiro álbum de estúdio da Kehlani. Produzido durante dois anos, o sucessor da mixtape You Should Be Here (2015), indica um crescimento enorme. Por entre batidas e versos que se dividem entre a sexualidade, romantismo e melancolia, somos convidados a espreitar a mente e conflitos internos da cantora.

Claramente influenciado pelo seu período de recuperação  em 2016 a Kehlani foi internada após uma tentativa de suicídio , o disco abre com uma espécie de pedido de desculpas, "My condolences to anyone who has ever lost me". Sim, são passagens de uma alma atormentada, mas sem nunca cair no erro de se tornar num registo sufocado pelo caos em que a sua vida se tornou. Com um cuidado enorme na produção e entrega dos versos, a honestidade e sensibilidade em cada uma das 17 faixas é refrescante.

Além de uma evidente homenagem ao disco CrazySexyCool das TLC (1994), o som da Kehlani navega por entre o R&B/Soul produzido no final da década de 1990 e início dos anos 2000, inspirando-se em artistas como Aaliyah. O único ponto negativo é a duração do álbum. Com temas tão carregados de sentimento e experiências pessoais, 60 minutos é demasiado tempo para conseguir absorver tudo com atenção.

2. Austra  Future Politics

A Katie Stelmanis e os parceiros Maya Postepski, Dorian Wolf e Ryan Wonsiak são mestres na arte de saber exactamente o tipo de sonoridade que querem alcançar enquanto Austra. Future Politics, terceiro e mais recente álbum do grupo canadiano, mantém a vibe electrónica dos antecessores, Feel It Break (2011) e Olympia (2013), servindo como plataforma para um som mais complexo e refinado.

Inspirado em filmes de ficção científica e manifestos políticos, Future Politics, é uma espécie de mistura entre o passado e o futuro que acaba por ser extremamente relevante tendo em conta acontecimentos políticos desastrosos como a última eleição presidencial norte-americana. Estamos perante um cenário urbano e caótico, fruto da contínua interferência humana e excessos causados pela sociedade de consumo. Chega a ser arrepiante ouvir esta colecção semi-melancólica de canções marcadas pelo isolamento e angústia. Apesar de tudo, a mensagem geral é optimista e apresenta soluções, sendo a mais importante cuidarmos de nós próprios.

Como sempre, além das batidas hipnotizantes, o grande destaque do projecto é a voz angelical da Stelmanis. Num registo pop-ópera a fazer lembrar a Kate Bush ou mais recentemente, Aurora, a cantora canadiana consegue dar uma dimensão e significado incrível às letras. Aconselho-vos vivamente a ouvir as faixas que destaquei como "MUST LISTEN".

3. Bebe Rexha  All Your Fault Pt. 1
MUST LISTENI GOT YOU | ATMOSPHERE | F.F.F.

O campeonato de adiamentos foi finalmente decidido e a Dua Lipa levou a taça. Dois anos desde o EP I Don't Wanna Grow Up (2015), a Bebe Rexha lançou o disco de estreia mas with a twist. Dividido em duas partes, All Your Fault Pt. 1, marca uma nova era para a cantora norte-americana.

Decidida a quebrar o mercado mainstream, a Bebe sofreu uma metamorfose ao estilo das Stepford Wives. É caso para dizer, "quem a viu e quem a vê". De peruca loira e trajes diminutos da praxe, não foi só a imagem dela que mudou. Também o som evoluiu para um R&B com pinceladas de hip-hop e claro, dance music.

Dona de uma voz tão peculiar que deve ser ouvida em pequenas doses (daí a divisão do álbum, já percebi) para não irritar  não é por acaso que lhe dei o nickname de "Bezerra Rexha"  estava à espera de mais. Dito isto, existem rasgos de genialidade como "I Got You" (mantém-se como a melhor faixa do projecto), e "Atmosphere". O próximo single, "F.F.F.", leia-se Fuck Fake Friends  olá JoJo!  é uma clara tentativa de ganhar radioplay e... resulta, fica no ouvido. Agora é esperar pela Pt. 2 em Abril.


4. João Pereira  Echoes
MUST LISTEN: SOMEONE | JUST A BOY | DRUG | RESPIRO 

Sigo o João no Instagram há algum tempo e foi com um enorme prazer que aceitei o convite a ouvir o seu primeiro EP, Echoes, e dar uma opinião sincera. Confesso que estava um pouco reticente por se tratar de um artista português o que, supostamente, fugiria um pouco à minha "zona de conforto". Felizmente estava redondamente enganado. Assim que a faixa-título começou a tocar percebi que estava perante um trabalho extremamente rico e delicado.

Composto por sete faixas, este projecto bilingue é capaz de nos transportar numa viagem sensorial incrível. Por entre sonoridades melancólicas dignas de uma Lana Del Rey ("Someone") ou mais comerciais ("Yours"), há um elo comum que as une: a voz. Único e quase andrógeno, o timbre do vocalista é um dos pontos mais fortes desta produção que aborda temas como relações complexas, desejos internos e claro, amor. Tendo em conta que estamos perante uma estreia, estou bastante impressionado com a qualidade musical.

Aprendam comigo e não alimentem o estigma contra os artistas portugueses. Podem ouvir o EP, Echoes, completo no Spotify (AQUI).

OUTROS ÁLBUNS A OUVIR (AQUI)

Já ouviram algum dos quatro álbuns/ep's? Qual é o vosso favorito?

7 comentários:

  1. Adoro o Kehlani mas confesso que ainda não ouvi todas as musicas do novo album. Contudo amei o novo da Bebe Rexha, conheço-a desde o I Don't Wanna Grow Up e logo fiquei fã. Adoro a voz dela ahah mas gosto muito mais destas novas musicas, acho que ela se mostra mais!
    O outros álbuns, eu não conhecia!

    Beijinhos!
    Black Rainbow / Instagram

    ResponderEliminar
  2. Sou super fã da Kehlani! Adoro as músicas e a vibe dela!

    Que bom que encontrei o teu blog outra vez!!! Quando acabei o meu antigo blog (Dreamingwithpeaches) perdi alguns links de vários que gostava de ler mas agora que voltei estou muito feliz por ter encontrado o teu outra vez, eras dos meus favoritos! x

    E. ♥ Meet me for Breakfast

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Durante algum tempo questionei o que tinha acontecido ao teu blog! Ainda bem que me encontraste que assim já sei qual é o teu novo espaço. Welcome back :)

      Eliminar
  3. Sigo o teu blog há algum tempo e tenho de referir que adoro a parte musical. Obrigada por trazeres coisas novas e dares a conhecer novos artistas! Ou pelo fazes-me dar-lhes mais atenção! Já tinha ouvido Khelani e Rexha, mas parece que tenho de lhes dar mais atenção! O João Pedro Pereira, é sem dúvida uma surpresa :)

    Automatic Destiny

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...