Pages

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Odeio Palhaços


Palhaços. Indivíduos marcados pelo contraste entre as toneladas de pintura branca e o eyeliner/sobrancelhas mais pretos que a minha alma. Lábios vermelhos e exagerados encaram-nos como se estivessem preparados para nos dar o beijo da morte. Pertencem a um reino mágico, dizem. Mas magia? Só se for negra.

Aquela que é uma das profissões mais antigas do mundo (sim, as prostitutas não são as únicas), tem andado nas bocas do mundo graças à quantidade inacreditável de "palhaços assustadores" que andam a aterrorizar e agredir pessoas. Entretanto, o pânico instalado nos Estados Unidos começa a espalhar-se por outros países anglófonos como o Canadá e a Inglaterra. Se é realidade ou mito urbano, não sei, mas já levou à detenção de pessoas e até ao fecho de escolas. Tendo em conta o infame caso de John Wayne Gacy, executado em 1994, nos EUA, por ter matado 33 pessoas vestido de palhaço, não é por menos.

Investigações policiais de parte, sou alérgico a palhaços. Que me perdoem os senhores decentes que ainda mantêm a actividade viva mas... não dá. Contrariamente ao que seria de esperar, o meu desagrado não provém do medo. Admito que o "Pennywise" do Stephen King, brilhantemente desempenhado pelo Tim Curry, no filme IT, me deixou algumas noites em claro, mas não originou esta "aversão" ao gang do carocha mais espaçoso de sempre.

Tudo se resume a um único factor: não lhes acho piada nenhuma. Nada. Zero. Enquanto os meus colegas de infantário adoravam o Batatoon, eu mudava automaticamente de canal. Tudo naquela dupla me irritava, o cabelo, as vozes, as caras, tudo! Só de me lembrar fico genuinamente enfurecido. A recta final do circo era um suplício por saber que, inevitavelmente, ia ter que levar com as mesmas "graçolas" do costume. As pessoas riam-se e eu nem um sorriso esboçava. Só não me levantava e ia embora porque tinha pago bilhete. E precisava de boleia, vá.

O que vale é que no Dias das Bruxas as massas preferem mascarar-se de gatinhas ou gladiadores sexys, se não acho que me saltava a tampa ao ver mais palhaços que o habitual pelas ruas de Lisboa.


Gostam de palhaços ou nem por isso? Porquê?

11 comentários:

  1. Dizem ja ter avistado um desses fulanos aqui na minha terra...:s

    ResponderEliminar
  2. Não me aquece nem arrefece... contudo tenho fobia a mimos :s não consigo explicar.

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  3. Também não gosto nada de palhaços e detestava ir ao circo! Aliás, segundo os meus pais, eu detestava pessoas muito mascaradas fora do contexto de Carnaval. Quando vinham homens mascarados de Pai Natal à creche para entregar uns presentes, eu fugia a sete pés porque tinha medo. Eu sabia perfeitamente que aquele homem não era o Pai Natal e sentia-me insegura por não saber quem era, realmente, aquela pessoa - os meus pais nem precisavam de vir com a conversa "não fales com estranhos", eu já tinha essa regra na minha consciência x) -. E eu acho que é por isso que odeio palhaços. Não me metem medo, apenas deixam-me desconfortável porque eu não sei quem está por detrás de toda a maquilhagem e porque os seus comportamentos exagerados e "parvinhos" deixam-me sempre em alerta. Concluindo, também não faço parte do clube de fãs do Batatinha :b

    ResponderEliminar
  4. Eu adorava o Batatoon, mas nunca fui grande fã de palhaços e muito menos de circo, sempre achei uma coisa entediante... Hoje em dia, os palhaços dão-me arrepios, e então com essas notícias todas não é para menos.

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Sou como tu. Nunca percebi aquelas piadas básicas de deitar água de uma flor ou dar com uma tarte da cara do outro palhaço. É sempre a mesma coisa, tão previsível.
    Beijinho* Confissões de uma Pecadora by Valentina ||
    FACEBOOK ||
    Croquis - Home Decor

    ResponderEliminar
  6. Eu sou exatamente como tu! Não percebo a piada dos palhaços. Acho que não têm piada nenhuma! E isso dos "palhaços assassinos" dá para uma pessoa ter medo! Mas os palhaços ditos "normais" são tão mas tão ridículos e previsíveis! Se hoje fosse ver um "espetáculo" de palhaços já saberia o que iam fazem um ao outro, do início ao fim! São simplesmente previsíveis!

    Beijinhos
    That Girl

    ResponderEliminar
  7. Sempre gostei de ir ao circo e ainda gosto , contudo nunca fui apreciadora de palhaços ou de qualquer pessoa que se mascare e eu não saiba quem se encontra por detrás da máscara. Acho péssimo e de muito mau gosto aquilo que tem estado a acontecer nos últimos tempos. Assustar assim as pessoas não cabe na cabeça de ninguém. Quer dizer locais onde uma pessoa pensa estar segura , já nem isso está. Não gosto de pessoas mascaradas, logo isso inclui não gosta de palhaços.

    ResponderEliminar
  8. Quando era pequena, nos meus 4 anos, tinha medo a palhaços. Havia uma estátua de um palhaço à beira do McDonalds, e eu tinha que entrar por outra porta senão recusava-me a entrar. Por volta dos 6 anos perdi o medo e até via Batatoon, mas nunca lhes achei grande piada, sinceramente. Há um ou outro que eu até acho piada e alguns até são bons artistas mas, de resto, não gosto muito deles, acho-os muito exagerados, com toneladas de maquilhagem e, por vezes, em vez de terem piada, aterrorizam crianças. Nem toda a gente tem jeito para ser palhaço, e vejo muitos palhaços que claramente não têm jeito nenhum.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  9. Eu cá adoro palhaços. As cores diversas, as roupas largas a roçar o "ridículo", deixam-me sempre feliz.
    Só não me apareça um palhaço ensanguentado e de machado na mão... �� Que medo!

    ResponderEliminar
  10. Também não gosto de palhaços, há qualquer coisa na maquilhagem que me assusta! :P tenho uma ligeira coulrofobia admito!

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...