Pages

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Random things I hate


1. Tirarem objectos do sítio
Passatempo favorito da minha namorada quando me vem visitar: desarrumar o meu quarto. Ciente da reacção em cadeia que a desorganização propositada de objectos pessoais provoca em mim, é pura tortura. Posso não ter o quarto sempre arrumado, mas ai de quem mover um livro uns milímetros que seja. Não vos consigo explicar, mas fico verdadeiramente angustiado. Não descanso enquanto não for logo atrás voltar a meter tudo no "sítio".

2. Fila quase indiana
Descobri recentemente que odeio quando as pessoas não respeitam as filas indianas. Sim, tenho noção do quão absurda é esta afirmação, mas that's life. Enquanto utilizador de transportes públicos, as filas são uma constante na minha rotina diária. Por algum motivo que me é desconhecido, viro o angry bird em pessoa quando vejo alguém "fora da linha". Se a restante multidão está organizada, porque raio é que aquela alminha tem que estar de lado? Juro que me dá uma vontade de os açoitar e mandá-los para o lugar. É impressão minha ou começo a ver um padrão obsessivo compulsivo? Gawd.

3. Pentear-me no cabeleireiro
Uma das coisas que mais detesto é quando vou a um cabeleireiro e depois do corte/lavagem, me dizem "pode pentear-se ao seu gosto". Cute. Então estou a pagar e ainda tenho que fazer o teu trabalho? Vá, é de conhecimento público que raramente gostamos do resultado final quando saímos de um cabeleireiro, mas ainda assim, não posso com isto.

4. Som de talheres
Sou um ávido defensor do combate à poluição sonora. Desde vuvuzelas ao barulho de obras, há dois em especial que me deixam capaz de cometer um crime: sons de talheres a raspar no prato/panela e arranhar a parede. Só de pensar já estou arrepiado, e olhem que com quase 40ºC, é no mínimo impressionante. Aquelas vibrações agudas interferem de tal maneira com o meu cérebro que muitas vezes parece que estou a ter um ataque qualquer quando fecho os olhos e tapo os ouvidos com as mãos. Um espectáculo lindo de se assistir.

5. Mastigadores implacáveis
Tenho o infeliz hábito de comer depressa. Muitas vezes, só quando estou a terminar é que me apercebo que a comida voou do prato. Ainda assim, posso garantir que não sou uma máquina trituradora. Perdi a conta à quantidade de vezes que presenciei pessoas que mais pareciam a personificação do Fast and Furious 18: Food Wars. Não só mastigam de boca aberta, o que por si só é uma barbaridade, como ainda fazem uma barulheira enorme. Pergunto-me se esses indivíduos não se apercebem genuinamente da sua figura ou se simplesmente não querem saber. De qualquer forma, don't do it.


Há alguma coisa que vocês detestem com todas as forças? Temos pontos em comum?

10 comentários:

  1. Não gosto de areia o que faz com que na maioria das vezes nem vá à praia, é horrível, nojento e faz me muuuuita confusão! X)

    ResponderEliminar
  2. Barulhos repetitivos e irritantes criam-me úlceras nervosas, e então pessoas a comer de boca aberta e a fazer barulho...é de morte!

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Uma coisa que eu detesto é a sensação de raspar as unhas em guardanapos (não consigo explicar, é estranho até para mim) e ouvir pessoas a estalar os dedos das mãos. E sim, Ricardo, começo a ver aí um padrão obsessivo-compulsivo =P

    ResponderEliminar
  4. Olá,
    Adorei este post!
    É engraçada a tua referência aos sons agudos. também detesto. Detesto qd o talher cai no prato e faz aquele estardalhaço horrível, mas também detesto ouvir as unhas raspar tecido - principalmente ganga!
    Outro dos meus ódios de estimação são as vendedoras de roupa que insistem para que experimente um número que eu sei que não me serve. Dizem-me logo "ai, menina, isto estica, serve sim, ora experimente lá". E depois ficam muito impressionadas qd a dita peça não serve - como era óbvio!

    ResponderEliminar
  5. O ponto 5, com certeza, é um ponto em comum! Só dá vontade de arrancar o queixo à pessoa e sair dali a voar!
    Detesto, também, quando as pessoas me dizem pra fazer algo que eu previamente já tinha pensado fazer, ou quando estou mesmo prestes a fazê-lo. Fico passada com esse tipo de situações, e na maior parte dos casos ou desisto de fazer o que ia fazer, ou faço-o bastante chateada. É tipo aquela conversa do "quando limpas a casa de livre vontade vs quando a tua mãe te manda limpar a casa"! XD

    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar
  6. Aí o ponto 1! Dizem que sou desarrumada (e é verdade) mas a minha desarrumação é arrumada à minha maneira e odeio que movam as minhas coisas de lugar...
    Depois tenho coisas estranhas como odiar a desarrumação dos outros e não suportar a sujidade em casas alheias (nem na minha, confesso).

    ResponderEliminar
  7. Junto-me já ao clube do primeiro tópico. Acho que não tenho nenhuma OCD mas fico visivelmente incomodada quando mudam os objectos de sítio, especialmente no meu quarto. Há certas coisas que têm uma determinada organização e é para se manter assim, nem um milímetro diferente. E o último tópico faz-me lembra a minha última colega de casa/quarto. Ela é completamente a personificação de todo esta parágrafo, e não podia ter sido uma experiência que mais odiei. Como partilhávamos o mesmo espaço comum (como era um estúdio, não havia divisão de quartos, só mesmo do resto do espaço para a casa-de-banho e cozinha), eu cheguei ao ponto de fazer as minhas refeições após ou antes de ela almoçar/jantar, de modo a que, quando isso acontecesse, eu estaria sempre no meu cantinho com os earphones nos ouvidos com música a acompanhar-me, de modo a não ouvir a nojeira que era ela a comer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para te dares ao trabalho de gerir as refeições com base nos horários dela, imagino o barulho que ela não devia fazer! Poor you.

      Eliminar
  8. Tu tens aí uma ligeira OCD a acontecer! ahahah :p

    Mas, maaaaas...o n.º 5! AI MEU DEUS QUE NOJO! Tira-me do sério. E nem é preciso tanto, a pessoa até pode estar a ser civilizada, se eu ouvir fico logo com arrepios. Mas isso ainda tolero....agora mastigar de boca aberta........não dá. Eu arranjo maneira de fugir da mesa. E olha que eu gosto muito de comer.

    Jiji

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...