Pages

segunda-feira, 20 de junho de 2016

O lado mau da blogosfera


#1. Publicidade enganosa

Promover um produto em troca de dinheiro ou ofertas não é crime, mas esconder esse detalhe dos leitores, deveria ser. Não há mal nenhum em querer ganhar qualquer coisa com o blogue, se pudesse viver disto, acreditem que já me tinha despedido. A nova epidemia desta plataforma é aquilo a que chamo de "publicação patrocinada". Recordam-se quando no início do mês questionei qual seria o próximo cliente da Primetag? Parece que foi a Fnac. Bolas, senti-me mesmo enganado quando descobri. Por muito legítima que seja a review ou neste caso, publicidade, o simples facto de ser "patrocinado" leva-me a duvidar da veracidade do testemunho, especialmente quando são 20 contas a partilhar o mesmo. Pior ainda é que 99% omitem este pormenor, tudo em prol de cliques nos malditos links da lojinha da semana.

#2. Macaquinhos de Imitação

Passou-se um ano desde que dediquei o primeiro "Já chega, não?" a este tema. Por incrível que pareça, continua mais relevante do que nunca. Com a quantidade astronómica de pessoas no mundo, é complicado arranjar ideias inteiramente originais. Todos nós pecamos deste mal, mas a diferença está na abordagem e execução dos temas. Algumas pessoas esquecem-se que existe uma coisa chamada "estatísticas" que nos mostra a origem das visualizações. Digamos que ganhar views num determinado post e descobrir, na lista de leitura que, como por magia, foi publicado um sobre o mesmo tema, é no mínimo curioso. Poderia ser coincidência, mas quando o tráfego provém todo do mesmo país e cidade de residência do outro blogger, não há margem para dúvidas.

#3. Cliques de bloggers

Como se não bastassem as cenas deprimentes que presenciei na minha visita à In Beauty, no ano passado, começo a reparar que o tipo de mentalidade "alcateia" está a espalhar-se para outros grupos de interesse além da moda/beleza. Não há nada mais triste que ver pessoas bajularem outras que consideram "importantes", mas que na verdade só são relevantes para meia dúzia de gatos pingados. Compreendo que ao ver as mesmas cinco ou seis pessoas a comentarem todos os posts umas das outras, cheios de azeite, se sintam tentados a entrar para a família mas, tenham alguma dignidade. Elogiar o trabalho ou alguém por algo específico é uma coisa, agora só porque sim e sem qualquer propósito, revela um desespero gritante.

#4. Pessoas falsas

O "Já chega, não?" deste mês será precisamente sobre este tema, portanto não me quero alargar. A não ser que sejam muito ingénuos, com certeza já se aperceberam que esta plataforma está repleta de pessoas falsas. Afinal de contas, é apenas uma representação correcta da sociedade. Mentir sobre a leitura de publicações em prol de auto-promoção é mau, mas simular doenças sérias como cancro, para extorquir dinheiro aos seus leitores, é simplesmente imperdoável. Aconteceu no estrangeiro, mas não me espantava se fosse replicado em terras lusitanas.

#5. Quantidade  Qualidade

À partida, um blogue não é necessariamente um portal de notícias. Certo que muitas vezes são abordados temas do quotidiano, mas não existe aquela pressão de ter que produzir conteúdo em massa. Se forem como eu, quando encontram um espaço do qual gostam, adquirem um hábito de visitá-lo diariamente à espera de novo material. Contudo, às vezes é preferível algum tempo entre publicações a terem 10 por dia sem qualquer consistência. Atenção, cada um é livre de escrever com a regularidade e quantidade que bem entender. Apenas considero completamente desnecessário posts com apenas uma frase do tipo "Hoje comprei pão". I don't get it.


Qual é para vocês a pior parte da blogosfera? Temos pontos em comum?

14 comentários:

  1. Para mim, o aspecto mais negativo é ver a quantidade de ódio que circula na internet. As pessoas aproveitam-se da protecção de não estarem cara a cara e dizem o que bem lhes apetece, são desagradáveis e mesquinhas (para não dizer pior =p). Felizmente, não sofro muito deste mal, mas sigo alguns blogues onde vejo comentários que me deixam a pensar como é que alguém diz aquelas coisas de livre e espontânea vontade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como não tenho a opção de "comentários anónimos" activada, nunca o experienciei na primeira pessoa, mas já vi alguns casos desses por aí!

      Eliminar
  2. Bem, primeiro que tudo a nova imagem do blogue está um máximo! Gosto muito da mistura do preto com o dourado.
    Quanto ao post em si, para mim o pior é o desespero por seguidores ao ponto de nem sequer ler a publicação que se comenta! Um "adoro" ou um "gostei" seguidos de 109298 links não são propriamente o tipo de comentário que ninguém pretende. Ah e o seguir apenas se te seguirem de volta também é especialmente irritante. Mas, das que falas aqui, a 5ª é a que me irrita mais. Vale mais pouco, mas bom. Não entendo a obrigatoriedade de postar todos os dias. Eu posto quando posso e quando estou inspirada, não apenas para encher chouriças!

    Giveaway de um colar de 2 camadas com a Born Pretty ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yay, ainda bem que gostas do novo design. Obrigado!

      Eliminar
  3. Já concordei mais com o último ponto. Pessoalmente, nunca me passaria pela cabeça escrever um post só para encher, do qual me envergonharia mais tarde. Mas vejo muita gente a fazer posts desses, que para mim não fazem sentido, e penso que talvez seja esse o estilo de blog que têm. Nem toda a gente quer dizer algo de substancial, alguns só querem partilhar uma imagem bonita com uma frase inspiradora.

    ResponderEliminar
  4. O novo design está tão Ricardo! Confesso - e não me leves a mal! - que já esperava por um refresh há um tempito! Hoje à tarde, quando li esta publicação, fiquei todo contente a olhar para o cabeçalho e afins. Parabéns, está fantástico :)

    E, claro, mais uma vez não podia deixar de concordar com t-u-d-o! Uma das coisas que eu menos gosto (e que sempre detestei) é o "segui, segues de volta?" e os "Concordo! (:"! Grrr!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ideia era ter começado 2016 com um novo layout mas o tempo foi-me passando a perna haha. Ainda bem que gostaste, thanks!

      Eliminar
  5. Estou plenamente de acordo com o último ponto - porém, já me incomodou mais. Já quanto à questão da publicidade, não tenho uma opinião tão formada. Julgo que é perfeitamente legítimo que alguém queira ganhar uns trocos com a plataforma e, se o fizer associando-se a marcas em que acredita, não vejo mal nisso (e a primetag proporciona isso). No entanto compreendo que se torna ridículo, que a maior parte dos blogs não escolhem apenas as marcas que conhecem e antes divulgam tudo o que vem à rede, sem sequer assumir que é publicidade - mas, novamente, isso é problema deles. Quanto aos restantes temas, não sinto tanto. Não tenho uma ideia tão negativa da blogosfera. Está paradinha e com pouca imaginação - mas, novamente, eu leio apenas quem quero.
    Gostei do novo aspecto do blog :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como referi no texto, "Não há mal nenhum em querer ganhar qualquer coisa com o blogue, se pudesse viver disto, acreditem que já me tinha despedido". O que me incomoda é a falta de honestidade e utilizarem todos o mesmo molde de "elogios" só porque sim.

      Eliminar
  6. Estás a gozar... há pessoal que pede dinheiro? :o Eu acho que um blog é um portal para o que quisermos escrever. Se é 10 posts por dia ou 1 por semana, não interessa a partir do momento em que seja verdadeiro e pessoal, não achas?
    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ Bloglovin'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente. A regularidade de publicações fica ao critério de cada um, desde que exista o mínimo de conteúdo.

      Eliminar
  7. Concordo, concordo e concordo. Em relação ao primeiro ponto, por acaso até tenho tido sorte nos blogs/posts que leio porque vem lá bem claro que os produtos são patrocinados, embora a maior parte das vezes até lhes passe ao lado por os produtos serem quase sempre os mesmos. Mas depois há uns que dizem que as cenas são pratocinadas mas é numa frase minúscula de tamanho 6 lá no fim do post, que nem o pessoal com óptima visão consegue ver aquilo. Ohhh e o segundo tópico ainda piora o primeiro. E juntando as duas coisas faz-me lembra a saga da La Redoute de há uns meses atrás. E há blogs que agora é quase publicidade dia sim, dia sim; é uma pena.

    Em relação ao quarto tópico... mas que raio? Não fazia a mínima ideia que tal tinha acontecido. Realmente ouve-se/lê-se com cada coisa. O que falta é muita humildade e respeito a muita gente. LOL a sério que há pessoa a escrever frases como a o última frase de todas? É que isso mais parece um tweet ou então a nova moda do facebook. Há situações e detalhes do quotidiano que até são interessantes, mas algo desse género é mesmo nescessário.

    ResponderEliminar
  8. Concordo com todos os pontos. Talvez aqueles que eu deteste mais, sejam o primeiro e o quinto ponto. Farta de tanta publicidade e também não me identifico nada, com quem publica só por publicar. Os outros pontos ainda não me apercebi tanto.

    Li a tua visita à In Beauty e numa palavra - Surreal!! Um sítio a não visitar!

    * Obrigada, Ricardo. Pelo teu comentário tão querido no meu cantinho. :) Já respondi.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  9. Basicamente concordo com todos.

    Cátia ∫ Meraki

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...