Pages

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Primavera, who?

Diz que é Primavera, mas ainda não vi nada. As árvores continuam despidas e o tempo mais parece que está com a menopausa  ora quente, ora frio. Em Março neva e em Outubro andas-se de calçonete pela avenida. No ping pong entre céu limpo e nublado, o pior são as mijinhas surpresa que caem lá de cima. 

Nem o meu sistema imunitário, que miraculosamente é decente, se tem aguentado. Após um ano sem ficar doente, nem um mês passou e já vou na segunda constipação. Qualquer dia o meu nariz desiste de viver e cai. Não sei com que Santo é que tenho que falar mas, para alguém que detesta medicar-se, a situação começa a tornar-se bastante maçadora. 

De facto, o ser humano é excepcional. Só acorda para a realidade depois das coisas acontecerem. Pensam o quê, quando o mar ocupar totalmente o território terrestre vamos todos ganhar guelras e nadar felizes para sempre? Nem a Ariel queria isso. Nem salvaram este planeta e já estão mais interessados em destruir o próximo.

Ainda andava no primeiro ciclo e já se falava do "buraco na camada de ozono"  relembro-vos que tenho 23 anos. Décadas depois, pouco foi feito para remediar a situação. As fábricas continuam a lançar quantidades astronómicas de poluição para a nossa atmosfera, e natureza em geral, enquanto o monopólio capitalista assiste de braços cruzados.

É certo que são poucas as medidas que o cidadão, dito comum, pode tomar face a este problema, mas existem coisas ao alcance da maioria. Não compreendo como é que a reciclagem não é obrigatória. Pior, como é que ainda existem Câmaras Municipais que nem se dignam a colocar caixotes de ecoponto nas suas freguesias  por estes lados vemos tantos como o Wally. 

Então e mandar o lixo para a rua, praia, mar, etc? Comem pastilhas, o papel segue automaticamente nas asas do vento; fumam, a beata para o passeio; comem gelados no carro, atiram os paus pela janela. Mas o que é isto? Uma selva? Pudera que a mãe Natureza anda completamente descontrolada. Estamos a receber o tratamento que merecemos.

Não me sabia tão ambientalista, mas bolas, é o nosso planeta! A brincar, a brincar, a velha Terra está em pior estado que a corrida à presidência dos Estados Unidos.

16 comentários:

  1. Não é que me importe que esteja assim mais fresquinho (sim, gosto mais do inverno :p), mas ela tem muitas razões para andar chateada connosco! O que mais odeio ver é pais com os filhos a atirarem coisas para o chão porque perco completamente a esperança das próximas gerações...

    ResponderEliminar
  2. Ahahaha desculpa, mas adorei isso do teu nariz! "Desiste de viver e cai" x)
    Já animaste este dia cinzento! Hehehe
    Desde que a Câmara retirou da nossa rua (e de todas as outras) os contentores do ecoponto, deixámos de fazer reciclagem cá em casa (e penso que no prédio inteiro, a situação é igual). Fazíamos sempre, mas agora ter de andar a abrir os caixotes dos vizinhos, a ver qual deles ainda tem espaço para o nosso lixo reciclável, não dá... A meu ver, pioraram a situação, mas quem sou eu?
    Lembro-me de ser pequenina e de ficar terrivelmente assustada com essa coisa do buraco do ozono. Foram feitas algumas melhorias a nível mundial quanto à qualidade, mas que para mim também não chegam :/

    um beijinho*
    Dreams and Lemonade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz por saber que ao menos a minha constipação animou alguém haha.

      Eliminar
  3. oi, oi.

    adorei o testo e o humor com que o escreveu. infelizmente, a maioria das pessoas não se importam tanto com o meio ambiente. eu sou do time que acredita que pequenas ações podem transformar o mundo, desde não jogar lixo no chão e até mesmo reciclar. falando em reciclagem... também não entendo o motivo de não ser obrigado.

    abç!
    Não me venha com desculpas

    ResponderEliminar
  4. O que disseste é verdade :) As câmaras deveriam investir mais nessa matéria de ecopontos e preservação do ambiente. Por acaso a câmara do meu concelho ainda vai fazendo um trabalho decente, mas nem em todos os lugares é assim.
    Mas é Portugal, enfim... sempre o mesmo atraso de sempre. Para termos comparação, em Franças as communes (câmaras municipais) oferecem sacos para a reciclagem e toda a gente faz a separação do lixo. Em muitos sítios nem sequer há contentores, as pessoas têm de guardar o lixo em casa e no dia da recolha têm de o colocar à porta de casa.

    Cidadã do mundo desconhecido
    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Podes crer... esta primavera está a deixar muito a desejar :s

    ResponderEliminar
  6. Dos melhores textos que escreveste nos últimos tempos! Não fosse o "andasse" no primeiro parágrafo que, neste caso, devia ser "anda-se" e estava perfeito (;

    Sempre fui ambientalista, coisas de ter uma mãe e uma avó biólogas. E, infelizmente, acho que a maioria das pessoas só vai acordar quando for tarde demais

    ResponderEliminar
  7. "A brincar, a brincar, a velha Terra está em pior estado que a corrida à presidência dos Estados Unidos." Ahahahah!! Muito bem jogado =P
    Mas piadas à parte, tens toda a razão em dizê-lo. Eu nunca atiro lixo para o chão, nunca. Se não tenho caixote perto, guardo no bolso ou na carteira (porque a carteira das meninas é uma lixeira mesmo - piada cretina do dia, não deu para resistir =P ) e depois deito em casa ou quando encontrar um caixote. Aos poucos, o Covil também se está a adaptar à reciclagem. Parece estranho dizer isto, mas depois de separar e deitar o lixo no seu respectivo ecoponto, dá-me assim um orgulho por estar a fazer uma boa acção, que nem te passa pela cabeça. Pode ser uma trenguice, mas é de coração. Nós temos obrigação de cuidar daquilo que é nosso, o planeta incluído, porque ele também é a nossa casa.
    E olha, os capitalistas não ficam a olhar para a poluição desmedida criada pela indústria: eles fazem de tudo para que a poluição seja maior, com menor custo monetário possível (para eles).
    *****

    ResponderEliminar
  8. Infelizmente as pessoas só se lembram das coisas quando é tarde demais.

    ResponderEliminar
  9. Pois é, muitos acham que a natureza não sente nada, mas essas mudanças climáticas estão aí pra dizer o contrário.
    Boa semana!

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. A primavera está por aí mascarada (que o digam as minhas alergias!)...

    É uma triste verdade que só nos vamos preocupar quando não houver volta a dar :/

    ResponderEliminar
  11. Brincadeiras à parte, já tive mais vezes com constipações (ou pseudo-constipações) desde o início do Outono, do que durante um ano inteiro que passei nos Países Baixos, onde o inverno é bem mais rigoroso. O nosso Inverno no geral até pode ser assim-assim, mas este vai e vém do frio dá cabo de qualquer um.

    Estes assuntos ambientalistas, sempre muito virados para a ecologia pelos media, fazem-me sempre ter muitas reticências... Não é que as alterações climáticas não estejam a acontecer; isto é mais do que óbvio e qualquer pessoa consegue vê-lo desde que o queira (pois aqui é que está o busilis da questão). Agora quando o debate vira a sardinha para dizer que nós é que provocámos as alterações, aí é que já tenho de torcer o nariz. É que estas alterações são feitas pela Natureza, nós só estamos mesmo é a ajudar à festa. Mas quaisquer mudanças rápidas dos nossos hábitos não deixar de fazer todo o sentido e serem mais do que necessárias. Alguma piada desta questão é virem dizer maravilhas dos carros eléctricos, quando na realidade a maior parte da electricidade ainda é produzida pela queima do carvão, que é das produções de energia mais poluentes que nós temos. Deviamos era apostar à séria nos recursos renováveis, e isso é que eu ainda não vi ninguém a fazer. Enfim... Este é daqueles assuntos que tem pano para várias mangas aliás.

    ResponderEliminar
  12. é tudo tão verdade. colhemos o que plantamos ao longo de gerações. pode ser que um dia o susto seja tão grande e tão tarde, que aí todos percebam.
    E já agora, as melhoras para todas as constipações :)

    M.
    ig: @mafalda.ar
    personal: The Silver Memoir
    worldwide open project: Send it Forward

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...