Pages

segunda-feira, 7 de março de 2016

+ Cinema

Na época de ano novo referi que me deixei de metas. Talvez não tenha sido totalmente sincero. Sim, continuo a pensar que muitas vezes são uma pressão desnecessária que colocamos em cima de nós, mas nem sempre é caso para tanto. Dietas e outros clichés de lado, foquei-me numa das minhas paixões, o cinema.

Embora não seja da área, ninguém me tira a quantidade obras da sétima arte que visionei ao longo da minha vida. Dos clássicos aos contemporâneos, dos europeus e americanos aos asiáticos, já vi um pouco de tudo. Ainda assim, não estou satisfeito. A par da minha vontade incessante de aprender, quero aumentar o meu repertório cinematográfico.

Quando criei este blog, oficialmente, em 2014, comecei a apontar religiosamente todos os filmes que via  assim nasceu o separador "Watchlists". Como no primeiro ano não consegui alcançar uma centena, ficando-me pelos 84, a meta manteve-se para o ano seguinte. Em 2015 consegui quebrar o meu próprio recorde e ver 168 filmes. Ah, the perks of beeing unemployed  brevemente numa sala de cinema perto de vocês.

Agora que comecei a trabalhar e tenho horários a cumprir, os fins-de-semana são a única altura em que me sinto livre para fazer aquilo que realmente gosto, refastelar-me na cama e assistir a uma boa história, independentemente do género. Na luta semanal entre séries e filmes, confesso que tenho negligenciado a segunda opção, mas pretendo alterar essa situação.

Escusado será dizer que é praticamente impossível superar o número gordo de visualizações no ano passado, mas secretamente tenho os olhos fixos no 170. Visto que em três meses só consegui ver 17, e a minha lista de séries continua a aumentar, se chegar aos 50 vou com sorte. No entanto, não estou muito incomodado. O facto de conseguir conciliar tudo no pouco tempo livre que tenho, deixam-me estranhamente satisfeito e com uma sensação de superação que vai além dos números.

Para 2016 a minha meta é simples, + Cinema.

8 comentários:

  1. Cinema vai ser sim a melhor opção para o fim de semana, após tanto trabalho, seja sozinha ou acompanhada, eu amo cinema. Onde moro não tem, mas faço esforços para ir em outra cidade, o que vale MUITO a pena!
    Beijos, boa semana e muitooooooos filmes!

    http://vestibulandaguerreira.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Olha em 3 meses vi 16 :P a meta deste ano era 50, pelo menos. Visto que acompanho imensas séries.

    ResponderEliminar
  3. Por acaso não registo os filmes todos que vejo, mas este ano já vi bastantes (tendo em conta o costume). Não devo chegar aos 100, certamente, mas se atingir os 50 já é ótimo! :D
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Eu também tenho ido mais para séries que para filmes mas mesmo assim vejo muitos <3 Devias criar um letterboxed, amo esse site para manter um "track" do que vejo :D

    ResponderEliminar
  5. Força nisso, vais conseguir =D Eu já consegui ver um bom número de filmes nos primeiros três meses do ano, ando orgulhosa de mim propria :D

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Ao contrário de ti, eu estabeleci metas e a meta para este ano é ver +100 filmes. Isto porque acompanho imensas séries e... enfim, sabes como é. Contudo, a universidade este semestre está a deixar-me tão pouco tempo livre que as séries estão a ficar super para trás!

    Beijinhos,
    The Lost Louboutin Blog

    ResponderEliminar
  7. Recentemente vi o Star Wars, o primeiro da saga que vi, e foi espectacular, quando saí da sala de cinema tive uma vontade enorme de ver muitos mais filmes ao longo do ano, mas é assim, dps do Star Wars nao fui ver mais nenhum filme!!, acho que estou a ficar mais exigente em relação aos filmes que aparecem por aí e em relação aos cartazes que as salas de cinema oferecem! , por um lado quero ver muitos filmes, por outro sou muito critico e exigente, principalmente quando vejo os trailers ;)

    ResponderEliminar
  8. Também não sei se é pressão exterior ou interior, mas nos últimos anos vejo-me na necessidade de aumentar o número de filmes que vejo por ano. E se no ano passado vi bastantes (bem pelo menos para mim), este ano deixei-me logo de preocupar com isto porque já sabia que não ia conseguir ver quase nada. Tenho demasiado com que me destrair em casa e faltam-me as minhas companhias de cinema do ano passado. E eu sempre que tenho séries para ver, os filmes ficam logo automaticamente em segundo plano. Por isso, acho que nem aos 30 devo chegar este ano. Nem 1/3 disto eu vi e já lá vão quase três meses do ano.

    Como uma forma de expressão e de transmissão de cultura, eu queria mesmo ver se conseguia variar nos filmes que vejo, em termos dos países de origem e estúdios, que muitos dos filmes que se vão vendo nas listas de estreia têm sempre um feeling de déjà vu associado.

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...