Pages

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Tentações Sazonais | Doces de Natal



Quem me acompanha desde o início sabe que sou um verdadeiro entusiasta gastronómico. Embora não seja um tópico muito recorrente aqui no blog, já o abordei algumas vezes, como no bíblico "Pecados Mortais: Gula", onde confessei o meu eterno amor pela Pizza Hutt e outras confecções igualmente brilhantes. 

Finalmente é aceitável falar sobre um dos factores mais importantes do Natal: os doces! Julguem-me se quiserem, mas dou muito mais importância a uns bolinhos típicos desta época que aos tradicionais pratos como o bacalhau ou a roupa velha (apesar de adorar ambos).

Nem imaginam a dificuldade que é escrever esta publicação. Não, não é por ser um tema complicado de desenvolver, mas é impossível concentrar-me com as imagens em baixo! Agora compreendo como a minha cadela se sente quando estamos a jantar e ela anda a rondar-nos angustiada, sem tirar os olhos dos nossos pratos.

A ideia não é partilhar receitas  isso podem encontrar em dois segundos na internet —, mas falar um pouco sobre os doces (além das farófias e ocasionais mousses) que, por norma, não faltam nos meus Natais. Se vos conseguir fazer salivar, missão cumprida.



























Qual Homem de Pedra e Mulher Invisível, este é o verdadeiro quarteto fantástico. Sempre gostei de sonhos (1), mas a minha vida mudou quando, há uns anos atrás, experimentei os recheados com abóbora. Desde então nunca mais consegui achar tanta piada aos "normais", mas vão à mesma. A minha relação com as rabanadas (2é um pouco ingrata, só gosto verdadeiramente delas acabadinhas de fazer, enquanto estão quentes. Não é que não as coma frias, mas é o equivalente ao soar das 12 badaladas para a Cinderela, acaba a magia. De qualquer modo é impossível competir com a minha mãe. Ela é a devoradora oficial das rabanadas na família.

Confesso que troco sempre os nomes às filhoses e azevias, mas finalmente percebi: as filhoses não têm recheio, é apenas massa frita com açúcar e canela por cima, e as azevias (3) são recheadas (normalmente) com doce de grão. Pessoalmente prefiro as segundas, são tão boas que só de me lembrar estou com água na boca. Os pastéis de massa filo (4), são a melhor amiga magrinha das azevias, o que muda é o tipo de massa  quase parece papel quando trincamos. 

Como o Natal costuma ser passado na casa dos meus tios, nunca pode faltar o doce favorito do meu primo, a aletria (5). Para quem, tal como eu, gosta de arroz doce, isto não passa de uma versão inferior ao original, mas vá come-se. Nunca consegui perceber o porquê de um bolo em forma de tronco (6ser característico desta altura, mas segundo as minhas pesquisas, representa o tronco de madeira que se queima na lareira durante a noite de Natal. Uh, okay. Sinceramente não o acho grande coisa e, não acredito que vou dizer isto, mas a cobertura de chocolate é um pouco enjoativa.

Tecnicamente os brownies (7) não são a iguaria-modelo do dia 25 de Dezembro, mas desde que o meu primo foi viver para Inglaterra que começou a aventurar-se na cozinha e tornou-se num doceiro de mão cheia. Nos últimos dois anos costuma fazer três variações com diferentes tipos de chocolate e ingredientes. Apesar de alguns mais amargos não serem de meu agrado, o resultado é óptimo. Quanto ao pão de ló, a única maneira de o comer é se for recheado com doce de ovos (8). Sim, sou o cúmulo da gulosice, mas fazer o quê? De outra maneira é apenas um bolo seco e aborrecido.

Terminada a minha épica ode calórica, só me resta prepara-me para os 28 quilos que irei engordar no espaço de dois dias. 


Que doces costumam comer no Natal? Qual é o vosso favorito e o que menos gostam?

24 comentários:

  1. Aqui nos Açores, não comemos rabanadas no Natal, mas sim no Carnaval... :) Temos o famoso Bolo de Natal e outras sobremesas nada a ver, tipo Molotof. *O*

    A minha família não chama "Roupa Velha" à comida do dia seguinte, mas sim "Rédon". xP

    Beijos. *

    ResponderEliminar
  2. A minha grande perdição de Natal vai ser eternamente o tronco de chocolate! Ahahah! Deixaste-me mais que a salivar! Quase mesmo a lamber o ecrã! Ahahah!
    Beijinhos grandes e muitas felicidades!
    chamammepequenita.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Se adoras os de abóbora tens, sem dúvida de provar os de cenoura!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava convencido que tinha provado os sonhos com abóbora porque nem me tinha lembrado de cenoura! Agora não faço ideia qual dos dois recheios provei haha.

      Eliminar
  4. Já eu sou o contrário, prefiro o bacalhau aos doces. Hahaha
    Adoro comer, mas não sou muito amiga de doces. Vá se lá perceber!
    http://anagalhano.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Ai que delicia todo, so de olhar apetece comer ahah
    Beijinho ❤
    Obra d´art

    ResponderEliminar
  6. Yummi, delicioso!! Quero um bocadinho de tudo (: O meu doce de Natal favorito é sem dúvida as fatias douradas - são deliciosas!
    Grande beijinho,
    Madalena

    www.maadalenaaa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Sou extremamente gulosa, mas os doces de Natal não são a minha cena... Lá vai um bocado de pão de ló, um bocado de queijo da serra... uma rabanada, se tiver sido feita pela minha avó... no Natal gosto mesmo é da roupa velha (=

    ResponderEliminar
  8. Eu sou louco por Rabanadas e Aletria. Levem-me tudo, mas deixem estes dois doces na mesa de Natal! Isso e os Ferrero, é claro!

    R: Continuarei cá a acompanhar-te. E para o ano o teu lugar no TOP não deve falar novamente. Continua assim, sabes que adoro o TGW :)

    ResponderEliminar
  9. Só me fizeste salivar com o Pão de Ló :p detesto os doces típicos de Natal e o Tronco acho muito enjoativo. Já os Brownies têm bom aspecto mas não sei se são bons porque nunca provei XD

    ResponderEliminar
  10. Adoro sonhos, é o único doce de natal que me faz perder a cabeça.

    ResponderEliminar
  11. Dessa lista o meu preferido são os brownies, são muito gostosos! E tem alguns doces que não conheço e fiquei com muita água na boca só de ver.

    ANDYZANDO

    ResponderEliminar
  12. Olá, gostei muito do post e das sugestões. Dos doces que enumeraste, aqui na Madeira só comemos as rabanadas, que chamamos de fatias douradas. Os sonhos comem-se no Carnaval, regados com mel de cana. Os nosso doces de Natal são: o bolo rei, o bolo de mel de cana, o bolo de família, as broas (mel de cana, manteiga e côco) e os pudins (de veludo, requeijão ou de maracujá)


    Eu adoro cozinhar, mas doces de natal nunca experimentei fazer...ainda vou a tempo de tentar hehe :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos dois! Também gosto de cozinhar mas nunca me aventurei nos doces além de mousses de fruta haha.

      Eliminar
  13. Eu a-d-o-r-o sonhos! Se tiver uma travessa deles à minha frente, vão todos num instante x)
    E foi muito complicado ler este post sem ficar desconcentrada com as imagens xDD

    ResponderEliminar
  14. A única coisa que gosto mesmo é de rabanadas e de tronco de natal. Quanto a bolos que costumo fazer, são mais bolos normais não é nenhum assim típico do natal. Mas bolo de chocolate, tarte de nata, tarte de côco, natas do céu!

    ResponderEliminar
  15. Eu cá não gosto muito de aletria nem de azevia. Aquele doce de grão, hmm, nunca fui muito com a cara disso. Sonhos, arroz doce e o tronco de Natal são tipo, a melhor cena ever. Amo, amo amooo!

    ResponderEliminar
  16. Salivei mais do que muito! Mas nem foi com os doces, foi com o bacalhau e a roupa velha que eu adoro. Ah e junto-me à tua mãe na competição para quem come mais rabanadas no Natal (a razão pela qual saio do Natal a rebolar sempre!).

    Marli, do My Own Anatomy ✫

    ResponderEliminar
  17. Sempre associei o natal, entre muitas outras coisas, a comida, a muitaaa comida, mas em especial a doces. Uma coisa que so como no natal são as filhoses, gosto tantoooo.

    ResponderEliminar
  18. Como é que eu ainda não tinha visto isto?? Shame on me...
    Também tenho uma paixão infinita pela Pizza Hut :X
    Ahahahaha adorei a comparação com a cadela!
    Por acaso não sou fã de nenhum dos doces típicos de natal (nem do bacalhau, que obviamente não é doce), apenas gosto - como já deu para perceber - das filhoses que fazemos cá em casa hehe
    Ainda não tinha percebido que as rabanadas são o mesmo que fatias douradas! E finalmente alguém que acha a aletria uma versão "meh" do arroz doce! :P
    28 quilos?? ahahah muito bom! Vamos competir então! Natal é natal!
    (Tenho de me deixar disto, de comentar quase cada um dos parágrafos, porque depois torna-se chato de ler o comentário...)
    Apesar de tudo isto, adorei o post, como de costume!

    um beijinho*
    Dreams and Lemonade

    ResponderEliminar
  19. Ricardo, quantos doces gostosos. Só de ver essas imagens deve ser engordado rsrs. Não conhecia alguns desses doces, por exemplo, a Aletria, parece-me um doce muito gostoso!

    Ótimo post. Abraços, www.princedreamer.com

    ResponderEliminar
  20. Bem se há coisa que dou valor no natal é dos doces.. ADOROOO o tronco de natal! Agora os pratos típicos nem por isso sou da tua opinião nem é o mais imporante!

    ResponderEliminar
  21. Eu engordo com: Filhós de Abóbora, Tronco de Natal, Pão de Ló Recheado, Pão de Ló Normal ou de Ovar com um bom Queijo Serra da Estrela.

    ResponderEliminar
  22. Favoritos: sonhos, filhoses, tronco de Natal, aletria da minha mãe, pão de ló e bolo rei de chocolate (quase tudo, não?). O que menos gosto: rabanadas e arroz doce. O que não gosto mesmo nada: o bolo rei normal.

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...