Pages

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

CINEMA | O que tenho andado a ver #4

Classificação IMDb: 7.3/10
Classificação Ghostly Walker: 7/10
Os guardiões são seres imortais cuja função é proteger as crianças do Mal, preservando a sua inocência e capacidade de sonhar. Enquanto acreditarem nos poderes mágicos de figuras dos contos de fadas, os mais novos estarão protegidos. No entanto, quando o terrível Pitch (Jude Law), um poderoso espírito maligno, decide surgir e infectar os corações humanos com medo, a Fada dos Dentes (Isla Fisher), o Coelho da Páscoa (Hugh Jackman), Norte (o Pai Natal, Alec Baldwin), Jack Frost (Chris Pine), e o Sandman decidem unir forças e enfrentar o papão para proteger os desejos e imaginação das crianças de todo o planeta.

Por sugestão da minha namorada, vimos o filme e tenho que admitir que gostei imenso. Não sabia o que esperar mas posso dizer que, no espaço de uma hora e meia, senti mil e uma emoções diferentes.

Baseada na série juvenil "The Guardians of Childhood" do escritor, ilustrador e realizador William Joyce, é uma abordagem original a personagens mais velhas que o tempo. Um Pai Natal musculado/tatuado ou um "coelhinho" da Páscoa badass, parece estranho, mas resulta. Apesar do Sandman ser mudo, tornou-se no meu guardião favorito. As suas tentativas de comunicação com o resto da equipa eram a coisa mais cómica e querida de sempre.


Classificação IMDb: 6.4/10
Classificação Ghostly Walker: 6/10
Num futuro distante, a Humanidade encontrou um modo de evitar as guerras e conflitos sociais através de um sistema democrático que divide a sociedade em cinco facções distintas, cujo objectivo é manter a ordem. Após um teste de aptidão que revela que Trish é uma "divergente", alguém cuja vocação não se restringe apenas a uma virtude, e consequente, uma facção, torna-se num alvo a abater. Determinada a enfrentar o sistema e fazer do mundo em que vive um lugar onde a liberdade individual não seja constantemente posta em causa, a jovem de 16 anos terá que lutar pela sua sobrevivência.

Não li a trilogia da Veronica Roth, mas depois da amostra cinematográfica, não sei se quero. Como era de se esperar, Insurgent não melhora em nada a imagem já estereotipada da série Divergent. Tal como o anterior, é mais que evidente que o público-alvo desta saga é o juvenil. Momentos mortos, guião genérico e previsível, más interpretações por parte dos actores mais jovens (à excepção da Shailene Woodley), enfim, uma mess. Com veteranas como Kate Winslet, Naomi Watts e Octavia Spencer no elenco, é uma pena terem sido completamente subvalorizadas.

Esperemos que as próximas adaptações consigam conciliar a qualidade do roteiro com a parte técnica dos efeitos especiais.


Classificação IMDb: 7.7/10
Classificação Ghostly Walker: 7/10
O Capitão América (Chris Evans) e companhia voltam a ser chamados a lutar pelo futuro da humanidade. Desta vez, a ameaça é uma forma de inteligência artificial chamada Ultron, resultado de uma experiência de Tony Stark (Robert Downey Jr.) que tinha como objectivo criar um programa informático capaz de manter a paz na Terra. A interpretação lógica que Ultron encontra para salvar o planeta é erradicando as todas as pessoas. Os Avengers terão que combater e mobilizar o grande vilão e lidar com uma dupla de irmãos gémeos com super poderes. 

No existem dúvidas quanto aos excelentes efeitos especiais, mas em termos de história, está muito fraco. Fiquei desiludido porque esperava muito mais, especialmente depois de saber que iam incorporar a Scarlet Witch (Elizabeth Olsen). É uma óptima forma de distracção, mas não deslumbra.

Baseado na banda desenhada da Marvel, o filme conta com realização e argumento de Joss Whedon, responsável pelo anterior Avengers (2012). O elenco conta com Chris Hemsworth, Mark Ruffalo, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Samuel L. Jackson.


Classificação IMDb: 7.1/10
Classificação Ghostly Walker: 7/10
Emily e Martin (Rooney Mara e Channing Tatum) são um jovem casal nova-iorquino a passar algumas dificuldades. Ele esteve preso durante quatro anos e ela sofre de distúrbios de personalidade que a levam a uma tentativa de suicídio. Preocupado, o casal recorre a Jonathan Banks (Jude Law), um psiquiatra com óptima reputação que lhe prescreve Ablixa, um medicamento experimental para o tratamento de ansiedade. Contudo, os efeitos secundários dessa nova "droga" vão transformar a vida dela num autêntico inferno que afectará Martin e o próprio Banks.

Adiei tanto a visualização deste filme e arrependi-me amargamente. Que surpresa! A mais valia do filme é a maneira engenhosa como a história é apresentada. Metade do filme a construir um enredo previsível e outra metade a descontruí-lo de forma perspicaz.

Trocava o Tatum por um actor decente num piscar de olhos, mas a Rooney compensou com uma actuação soberba. Ao mesmo tempo, foi agradével ver a Catherine Zeta-Jones de volta ao grande ecrã.

Com realização de Steven Soderbergh, responsável pelo brilhante "Erin Brockovich" e "Ocean's Eleven", Side Effects é um thriller psicológico que vos vai deixar a pensar até ao último minuto.


Já viram algum dos quatro filmes? Qual foi o vosso favorito e o que gostaram menos?

11 comentários:

  1. Como é óbvio só vi o de animação (duh, it's me) e assim que vi o Sandman sabia que o ias adorar. Além dele temos que admitir que as fadinhas dos dentes depravadas também são hilariantes.
    O Jack Frost e a Elsa iam criar o exercito de bonecos de neve mais atraente da história ahah!

    ResponderEliminar
  2. Achei o Insurgente uma verdadeira desilusão! Eu já estava à espera de algo pobrezinho, mas desiludiu-me mesmo assim. Em efeitos especiais eles realmente arrasaram, foram fantásticos! Agora a história... deixou muito a desejar. Parecia que o filme estava em constante replay, sendo só salvo pelo final, que foi minimamente bom comparado com o resto. E eu confesso que adorei o primeiro filme!

    R: Acho que não se pode chamar de "reviravolta" x) A história à volta do A ficou muito boa, apesar dos furos no guião, foi aceitável. Mas não bastou para toda a borrada que fizeram durante anos. Desde o início da terceira temporada que a série começou a perder imensa qualidade (na minha opinião, não há nada pior que a terceira temporada, aquilo foi terrível!). Acho que, neste momento, é demasiado tarde para recuperar a "boa" qualidade que estava presente ao início. Uma pena, porque tinha potencial!

    ResponderEliminar
  3. Eu li a trilogia Divergente e quando isso acontece, geralmente me sinto na obrigação de assistir aos filmes. Insurgente livro é horrível de se ler, foi um dos livros que mais demorei por causa auto piedade que a Tris se impõe no livro inteiro. Também demorei pra assistir Insurgente porque não esperava grade coisas e acertei. Foi agonizante assistir esse filme.
    Estante de uma Fangirl

    ResponderEliminar
  4. Quero muito ver Insurgente, vi o primeiro e gostei bastante.. Ah vi Avengers e adorei, meu namorado mais do que eu hahahaa
    Beijo

    Dicas para Todas

    ResponderEliminar
  5. De todos, só vi o Insurgente e partilho exatamente da mesma opinião que tu. Relativamente ao Side Effects, estou há que tempos a tentar dar-lhe uma oportunidade e vou dar da próxima vez porque a tua opinião agradou-me :)

    ResponderEliminar
  6. Avengers e Os Guardiões, os únicos que vi desta lista e adorei. Sou fã de filmes de fantasia e ficção. A-D-O-R-O.

    ResponderEliminar
  7. Avengers é muito bom! Muitos me recomendaram Insurgente mas sou daqueles que cria uma mega lista de filmes pra assistir mas nunca dedico um tempo para ver. Obrigado por me lembrar de Os Guardiões, pois me lembro de ter ficado muito ansioso quando vi o trailer pela primeira vez, outro que entra para imensa lista.

    ANDYZANDO

    ResponderEliminar
  8. Ainda não vi nenhum (shame on me). Mas quero mesmo muito ver o Guardiões e o Age of Ultron. Talvez me tenhas convencido com o Side Effects, mas não estou muito inclinada para ver a saga Divergent. Primeiro, porque leria os livros antes, e depois, porque me parece demasiado outra-história-distópica-ya-para-aproveitar-a-onda-massiva-de-vendas-do-género-depois-de-hunger-games.
    Mas os Guardiões saltou para o topo da minha lista. Sem dúvida! =)
    ***

    ResponderEliminar
  9. O Insurgent é qualquer coisa de muito mau. Mal por mal, o Divergent foi melhorzinho.

    ResponderEliminar
  10. Eu por acaso adorei o Divergente, tanto que, ao contrário do primeiro filme, fui ver o Insurgente ao cinema e fiquei super desiludida.
    Quanto ao Side Effects, já o vi há uns dois anos e apesar de não me lembrar pormenorizadamente do desfecho, lembro-me de o filme em geral ter ultrapassado muito as minhas expectativas, que eram baixas to be honest.

    ResponderEliminar
  11. Já vi o "Side Effects" duas vezes. Os outros, dispenso. Não fazem o meu género.

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...