Pages

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Já chega, não? | Bebés emoji


Por esta altura já devem ter percebido que sofro de baixa tolerância a estupidez. Desafio-vos a acederem ao facebook e conseguirem ficar cinco minutos sem que vos apareça a fotografia de uma criança com um emoticon a tapar-lhe a cara. Pois, é impossível. Nunca o filme Chucky foi tão credível como agora.

Muito se tem falado no último ano sobre os perigos das redes sociais e a exposição de crianças a possíveis predadores sexuais. Com casos de partilha de fotografias de menores por parte de pedófilos em grupos "especializados" no facebook, foi lançado o alerta pelas autoridades: "não coloquem fotos dos vossos filhos online ou poderão acabar em sites de pornografia infantil". Perante uma situação destas, parece-me claro o que precisa ser feito, não colocar mais nenhuma fotografia dos meus filhos nas minhas redes sociais. Oh, tolinho. Nada disso! Vamos antes colar um smile enorme em cima da cara de um bebé recém-nascido.

Para os que não se encontram presentes em redes sociais ou têm muita sorte com o núcleo de indivíduos adicionados, posso contar-vos que tenho uma amiga culpada deste crime. A rapariga foi mãe pela primeira vez no início do ano e não perdeu tempo a apanhar o comboio das makeovers digitais. Intrigado sobre o que significava o focinho animado de um cão a cobrir a cara da filha, questionei-a sobre o assunto. "O pai não quer que mostre a cara da menina por causa dos pedófilos, assim está tapada", respondeu-me. Se vos disser que fiquei sem vontade de viver, acreditam? Obrigado.

Embora não seja pai, compreendo a excitação e orgulho de querermos mostrar a nossa cria ao mundo, como o Rafiki apresentou o Simba, mas há que ter o mínimo noção do que se passa à sua volta. Se por um lado há progenitores que ainda têm a ilusão de que o facebook e outras redes sociais são feitas apenas por pessoas boas, há outros que estão conscientes do contrário mas deixam a vaidade falar mais alto. É a era do canal 13 da MEO (Secret Story 24h). As pessoas têm uma necessidade abismal de mostrar ao vizinho o que têm. Só falta mesmo um post a dizer: "Admirem-me e vejam como sou bom pai". Onde fica o bom senso no meio disto tudo? Perdido.

Juro que estou a tentar mas não consigo perceber. Se a cara da criança está tapada por um ícone gigante, porque é que partilham a fotografia sequer? Não se vê nada! Para ver emojis com braços e pernas vou ver desenhos animados.

Esta rubrica não se limita a uma crítica social, também dá conselhos. Dependendo da opinião sobre o nível de segurança a que pretendem sujeitar as fotografias da criançada na vossa família, elaborei uma lista com cinco precauções a ter. Apesar de considerar os tópicos bastante óbvios, nem todas as pessoas têm noção de alguns riscos que correm com certos uploads.

.........1. Fotografias de bebés só de fralda, nus ou a tomar banho;
.........2. Fotografias de crianças com a farda do colégio;
.........3. Fotografias à porta de casa ou que identifiquem a morada habitacional;
.........4. Fotografias com localização automática;
.........5. Fotografias de crianças partilhadas por "amigos" da família.

É importante referir que não devemos cair em medos exagerados. Se não têm qualquer tipo de receios em publicar uma foto dos vossos filhos a jogar à bola, força. Preferem mostrá-las apenas a familiares? Então criem um grupo exclusivamente para a família. Só querem partilhar com uma ou outra pessoa em especial? O chat privado do facebook está sempre à disposição. Dispenso que publiquem sessões fotográficas dos vossos filhos ou irmãos com as caras cobertas de bonecos. Já chega, não?


Conhecem casos destes? São a favor ou contra os "bebés emoticon"?

12 comentários:

  1. Gostei do teu post, apesar de ainda não ter visto nenhuma foto dessas, acho que no meu facebook as pessoas são mesmo descaradas e não pensam nas consequências.
    Há uns tempos escrevi um post acerca das Mães publicarem fotos dos filhos na Internet, a verdade seja dita que deve ter tocado a muito boa gente que me deixaram de falar (Who cares), é me igual, até porque o Blog felizmente é só meu e só serve a carapuça a quem quer.
    Mas a realidade é essa, publicam fotos dos filhos sem noção alguma e não imaginal quantos malucos aí andam, e até um próprio familiar pode ser um maluco desses. :)

    Beijinhos,
    www.wordsofsophie.com

    ResponderEliminar
  2. Por acaso só descobri esta nova "moda" graças a ti. Ninguém no meu facebook faz isso e não, não é porque sou novinha, porque tenho lá imensas mamãs da minha idade. Simplesmente nunca as vi fazerem isso (nem sabia que tal coisa existia) :b

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia esses casos, mas bom post!!

    http://rapazdobuzio.blogspot.pt/2015/09/cndirect-quick-review.html CHECK MY LAST POST! :)

    ResponderEliminar
  4. Eu tenho tido sorte, nunca vi tal coisa no facebook, mas francamente não passo lá muito tempo.

    ResponderEliminar
  5. Bem, as pessoas dos comentários ou têm conhecidos muito corajosos ou ainda não estão na faixa etária em que os amigos começaram a ser pais.
    Não me apetecia estar a fazer um comentário género "concordo com o que escreveste" mas realmente é isso. Bem, ao menos que tenham bom gosto no emoticon que metem na cara da criança, porque um cão é mesmo de mau tom.

    ResponderEliminar
  6. Não, desculpem lá. Haja estupidez pra tudo, mas por favor! Por acaso ainda não vi nada disso no meu Facebook, apesar de estar empestado de muita coisa, disso ainda não vi. Digo-te, um dia que tenha um filho, não vou fazer disto. Vou sim colocar fotografias provavelmente, mas decentes (nada de fotos a tomar banho ou a mudar a fralda, pf) mas que não se veja a face completa dele ou assim, e claro que sempre que alguém queira colocar uma foto do meu filho terá de ser rectificada por mim primeiro. De resto está tudo na boa. Mas pf acabem com isso dos smiles nas caras dos bebés.

    The eyes of a Mermaid

    ResponderEliminar
  7. Os meus amigos lembraram-se no ano passado que era boa altura para procriar, portanto já sou bombardeada com fotos dos rebentos há tanto tempo que já nem dá para lhes ligar. Gente com filhos e que gosta de partilhar fotos dos mesmos: no início é giro, mas rapidamente se torna aborrecido. As crias são vossas, mais ninguém quer saber. Lamento, mas é a crua verdade.

    E sim, Ricardo, tens toda a razão. Pf, acabem com os emojis em cima da cara das crianças.

    ResponderEliminar
  8. Por acaso nunca me deparei com isto dos "bebés emojis", mas concordo contigo. Ou se partilha a fotografia ou não se partilha... É uma parvoíce partilhar com um emoji de um macaco a tapar a cara da criança. x

    ResponderEliminar
  9. Nunca vi isso no facebook, mas acho realmente bizarro. Não entendo do que irá adiantar tapar o rosto do bebê com um emoji. Acho que suas dicas foram realmente prefeitas pra quem quer postar fotos de seus filhos sem colocá-los em perigo.
    Obrigada por comentar no meu blog!

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/

    Beijoos ;*

    ResponderEliminar
  10. Estamos contigoooo nistoooo! Vamos lançar um movimento contra isto? 'Bora? Aposto que o Correio da Manhã nos dá tempo de antena!!! ahahahah
    Mas falando a sério: não conseguimos mesmo perceber este problema. E o mais giro é quando mostramos a nossa perspectiva e nos dizem "mas tu não sabes o que é... Nunca foste mãe/pai"

    ResponderEliminar
  11. Não sabia dessa nova febre... Nas redes sociais tenho muito pouca gente com filhos pequenos, sobrinhos/afilhados e assim, mas raramente vejo fotos dos "piquenos" (o que acontece no caso dos sobrinhos, não conheço nenhum pai/mãe a fazê-lo). Nenhuma criança vinha um bónus de emojis na cara.
    Acho que os miúdos não devem aparecer nas fotos que os adultos colocam nas redes sociais e pronto. Tão simples como isso. Aliás, quando tiro uma foto a algum lugar, tendo não apanhar miúdos e, quando acontece, corto-os da imagem. De qualquer maneira, isso é uma situação diferente, porque estou a fotografar uma praça ou um monumento ou mesmo a mim própria, e aparece uma criança de fundo. Mas mesmo assim tenho cuidado. Agora fotografar deliberadamente os moços e colocar nas redes tipo "olha o meu querido filho, que até é uma peste, mas é tão lindo" é uma verdadeira estupidez. Não se deixa os meninos brincar na rua, ou atravessá-la para o outro lado, ir a lado nenhum sozinho nem para a casa do vizinho, que nunca se sabe quem por lá anda... mas escarrapacham-se fotos dos lindos querubins em tudo o que é rede social.
    ****

    ResponderEliminar
  12. ALELUIA! Eu vejo isso mais que uma vez por dia. É quando lhe dão banho, é quando lhe dão de comer, quando brinca. É quando faz tudo, e lá está o emoji.
    E às vezes ainda dizem "Ele não está lindo??!".... Como é que eu posso saber se tenho um emoji gigante à frente?
    As pessoas esquecem-se que mesmo que não mostrem a cara da criança, que têm pessoas que as conhecem não é? lol
    Eis o que me vem à cabeça quando penso no retratos familiares: http://imgur.com/eOCadhA peço desculpa pela marca de água e afins... Mas acho que dá para entender.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...