Pages

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Os dentes do siso e o seu rasto de destruição


A moda dos adultos com aparelho dentário já se instalou em Portugal há alguns anos. Se por um lado acho muito bem que as pessoas tratem dos seus dentes, por outro considero um pouco ridículo ver um quarentão com um sorriso metálico. Quando pensava que nunca iria passar por esse tipo de dissabores, eis que um dos meus dentes do siso resolveu contrariar-me. Pois é, tenho oficialmente uma espécie de aparelho.

Há cerca de um ano atrás comecei a sentir os meus "dentes do juízo" ou como gosto de lhes chamar, "dentes do prejuízo" a crescer. Enquanto o superior esquerdo não me deu problemas nenhuns, o direito estava condenado desde o início. Totalmente incluso (ou seja, tapado pela gengiva), infectou e como resultado do seu mau posicionamento, entortou por completo o molar vizinho.

Tratada a infecção, a remoção do siso acabou por ser adiada até o meu irmão tirar o aparelho (a pobre criança não teve a minha sorte e tinha 80% dos dentes fora do sítio). Quando são os pais a financiar os procedimentos médicos, temos que facilitar. Assim sendo, na passada quarta-feira fui finalmente arrancar o dente do siso e logo no dia seguinte coloquei um aparelho específico para poder puxar o molar de volta ao lugar de origem. Que massacre!

Confesso que estava bastante assustado por ir arrancar um dente. Grande parte dos meus medos devem-se ao espectáculo de horrores que a minha namorada sofreu quando lhe aconteceu o mesmo. Não só arrancou logo os dois sisos do lado esquerdo de uma só vez, como ainda teve uma infecção que lhe causou dores terríveis que não a deixavam dormir. Depois de a ver em agonia durante uma semana, compreendem o meu pavor ao Sr. Dentista. 

Felizmente devo ser uma pessoa mesmo especial. Não tive dores quando os sisos cresceram (só mesmo quando tive a tal infecção, mas passou logo), quando retiraram o dente, nem com a colocação do aparelho. Yay! Não vou negar que é um pouco desconfortável ter um arame ao longo do céu da boca. Para comer então, é um massacre. Pareço uma velhota sem dentes a tentar tirar a comida que fica presa nos ferros. A única coisa boa no meio disto tudo é que ninguém repara que tenho aparelho. Como está colocado nos dentes traseiros, nem quando sorriu se nota. A imagem à esquerda é uma representação quase fiel do meu novo companheiro.

Como não vos quero maçar com explicações científicas sobre este tema, deixo-vos com algumas dicas úteis para quem vai remover os dentes do siso:
  • Palavras da dentista, "tenham uma refeição farta antes do procedimento porque não se sabe quando é que vão voltar a conseguir comer decentemente".
  • Se ficarem com a língua paralisada depois da anestesia não desesperem! Sendo hipocondríaco lembrei-me logo de 1001 histórias que li online sobre o assunto e temi o pior. Passado umas 5/6h perdi a dormência e recuperei a sensação. Tentem mexer a língua aos poucos e ela vai voltando ao normal. Se continuar dormente passado um dia, ai sim, chorem!
  • Nas primeiras 48h limitem-se a ingerir sumos, sopas e papas. Desde que não seja nada quente e que dê muito trabalho a mastigar, estão safos. Como tirei um dente e meti aparelho logo a seguir, os gelados e gelatinas foram os meus salvadores.
  • Dependendo das dores, coloquem gelo sob a bochecha do lado "afectado".
  • No meu caso nem precisei de medicação, mas se for o caso, sigam à risca as indicações do vosso dentista.
  • Custa mas não deixem de lavar os dentes. Tinha imenso receio de ferir a zona pós siso, mas nada justifica uma infecção. Com alguma calma e sem bochechos vorazes (evita a criação de coágulos), continuem com a vossa rotina de higiene oral.
  • Se tiverem um irmão mais novo que passou por experiências semelhantes, não o deixem menosprezar as vossas dores e desconfortos.

Já arrancaram os dentes do siso? Como correu?

9 comentários:

  1. Como assim não te doeu depois de tirares o dente nem precisaste de medicação? Bolas, tu és mesmo um sortudo.

    Eu também tive de tirar os dentes do siso. Um deles estava incluso e os outros não tinham espaço suficiente para crescer sem estragar os restantes, por isso tiveram de ser tirados. Arrancar dentes deve ser a pior coisinha que há ou das piores. Durante os primeiros dias aquilo doía-me imenso e não conseguia dormir direito, mas o pior mesmo foram as primeiras horas em que aquilo volta e meia ainda sangrava, nheca. Absolutamente nojento, mas lavei sempre os dentinhos, apesar de ter algum receio, mas a minha panca eram os pontos. Andava sempre cheia de medo que os pontos arrebentassem ou então que infeccionassem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim que tirei o siso, o dentista deu-me um Brufen (para prevenir as dores após o efeito da anestesia), e disse-me para voltar a tomar à meia-noite. Chegada a hora do segundo comprimido, tomei-o por descargo de consciência, visto que dores não tinha. A única coisa que me custava era um pouco a engolir, mas de resto era o desconforto normal, nada do outro mundo :)

      Eliminar
  2. que super aula sobre o siso
    eu nunca tirei nenhum, acho que foi porque não nasceram, mas morro de medo, acho que deve ser uma dor arrasadora, admiro muito quem tira
    beijos
    Um Mundo Em Duas 

    ResponderEliminar
  3. Devo ser uma pessoa abençoada porque quando tirei os sisos não me doeu nada. Não me doeu antes (só tirei mesmo porque me estavam a empurrar os dentes), não me doeu na altura (obrigada anestesia) e não me doeu depois! Claro que fiquei um esquilo autentico durante uma semana mais ou menos mas dores nem vê-las. Lembro-me que ia cheia de medo porque amigas minhas só se queixavam das dores e do facto de não conseguirem comer após a intervenção... Fracas, no próprio dia estava eu a jantar um hambúrguer toda contente da vida!
    Cada pessoa lida de forma diferente com os chatos dos dentes do siso e graças a Deus eu não lidei nada mal ahah! x

    ResponderEliminar
  4. Tenho medo que isso me aconteça, nunca tive problemas nenhuns com os dentes, mas sei de amigos meus que também tiveram de tirar os dentes do siso e não tiveram um história tão feliz como a tua xD

    ResponderEliminar
  5. Até agora nunca tive esse problema, mas acho que já estive mais longe...

    www.rapazdobuzio.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Amigo, por causa do meu processo que tem uma cirurgia apara breve, tive de extrair os meus dentes do siso e três dele foram com anestesia geral e no mesmo dia. Não me posso queixar porque correu tudo muito bem. Além desses, já tive que tirar mais três porque não tenho espaço na boca de modo a ter tantos dentes :p Se quiseres, podes dar uma vista de olhos à minha "aventura" que eu vou escrevendo por lá de vez em quando: http://historiaprognatica.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Arranco dentes do siso quase todos os dias, ainda hoje foram dois... mas não são os meus, esses só os extraí uma vez =P

    ResponderEliminar
  8. Um artigo que veio mesmo a calhar pois penso que terei que remover um dos dentes do siso que estará a entortar e vai fazer pressão onde não deve. Gostei especialmente da expressão "dentes do prejuízo".

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...