Pages

terça-feira, 14 de julho de 2015

Já chega, não? | Não lêem mas comentam

Crédito da imagem original: X

Há quase um mês atrás escrevi a minha primeira crítica (se assim o quiserem chamar) à blogosfera. Confesso que fiquei bastante surpreso com o sucesso dos "Macaquinhos de imitação". Até ao dia de hoje mantém-se na liderança das publicações com mais visualizações. Não vou negar que fiquei um pouco hesitante em partilhar a minha opinião sobre um tópico que é tão evidente em grande parte dos membros desta comunidade. Como gostaram da minha ligeira bitchiness, resolvi acrescentar um segundo capítulo à rúbrica "Já chega, não?". Falemos de comentários.

Qualquer proprietário de um blog sabe que a melhor fonte de feedback do "público" é através dos comentários. A risco de começar a soar um pouco como o velho do Restelo, estou um pouco intrigado. Independentemente do género, quando decido seguir uma página, estou a dar o meu carimbo de aprovação. Pensava eu que o propósito de termos os nossos cantinhos fosse, como a grande maioria grita a sete ventos nos seus "sobre mim" (incluindo eu), uma forma de partilhar as nossas opiniões, sejam elas com ou sem fundamento. 

Dá-me uma certa urticaria quando me apercebo que grande parte das pessoas nem lê os posts que comenta. O mais habitual é o "concordo com a tua opinião". É fácil, rápido e assim não se corre o risco de fazer figura de tanso. A trama complica-se quando os aventureiros que se limitam a ler o título da publicação e as primeiras duas linhas do texto decidem dar o ar de sua graça. Acaba por dar origem a situações embaraçosas:

Título: Adoro cachorrinhos
1º Parágrafo: Em criança costumava ir passar as férias de Verão na casa dos meus avós. Como têm uma quinta enorme no Alentejo, têm mais de 50 cães que resgatam das ruas. 
(Um gajo lê isto e já está, "Aw que queridos. Adoro animais e gostava de poder ajudar cães abandonados"). 
4º Parágrafo: Sei que está errado mas não consigo mudar. Desde que matei o primeiro aos 7 anos que ando louco. Como eram tantos, nunca deram por falta dele, mas agora que sou adulto é mais complicado. Simplesmente adoro matar cachorrinhos. 
(Oh diabo, então e agora? A não ser que apoiem o assassinato de cãezinhos, deviam ter lido tudo até ao fim).

Deduzo que não sejam necessárias explicações depois desta história, nada trágica, criada por mim a título de exemplo.

Outro tipo de comentários são aqueles que só se lembram de nós quando comentamos o deles. Tão simples como isto. Posso não gostar muito da tua página ou até nem te seguir, mas como comentaste o meu post sobre os 100 pares de sapatos que eu tenho, vou fazer o sacrifício de retribuir o favor. Só tenho uma questão: porquê? É que se recebem alguma coisa por isso avisem que também quero.

Não me podia esquecer daqueles que literalmente dizem uma palavra do género "Gostei" e depois atacam-nos com 10 links. Uma coisa é partilhar o endereço do nosso blog no final de um comentário com pés e cabeça, outra é serem a Maria Madalena das redes sociais. Perco logo o interesse em visitar a página, e mesmo que o fizesse, tenho a certeza de que iria lá encontrar os botões com as 10 hiperligações, LOGO, qual é a necessidade de colocá-las em todos os comentários que escrevem? Por favor, limitem-se ao link do vosso blog, nada de url's de posts ou as mil e quinhentas contas que têm. Fica o apelo.

A conclusão a que chego é que devo pertencer a uma espécie em vias de extinção que se dá ao trabalho de ler os textos das outras pessoas do início ao fim. Não vou ser hipócrita e dizer que às vezes não tenho vontade de o fazer, mas nesse caso limito-me a não comentar. Compreendo que queiram promover os vossos blogs, mas uma coisa não invalida a outra. 

Visto que quanto maior o post, maior é a probabilidade de não ser lido na íntegra, vou parar por aqui. Para que conste não tive ninguém específico em mente enquanto escrevia este desabafo. Limitei-me a seleccionar os três tipos de comentários mais frequentes tanto na minha como nas vossas páginas.


Vão negar, mas a probabilidade de alguns de vocês fazerem (ou terem feito) parte de um destes três tipos de comentadores é altíssima. Ainda assim, gostava de saber a vossa opinião!

27 comentários:

  1. Eu às vezes digo "Concordo plenamente com a tua opinião" (quando concordo com um determinado ponto de vista, obviamente, e sinto que não tenho nada a acrescentar). Isso de não lerem os posts até ao fim já tinha notado em alguns comentários no meu blog, o que às vezes me dá vontade de rir, outras vezes fico um bocado desanimada, mas, tal como tu, se não leio até ao fim algum post, não comento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso era para falar mais um pouco dessa questão do "concordo completamente" mas não me quis estender muito. Claro que se concordamos com alguém, não há problema em dizê-lo. Referia-me era às pessoas que apenas dizem isso e está o comentário feito. Pelo menos o que costumo fazer é evidenciar um exemplo ou dar outros :)

      Eliminar
  2. De facto existe muito disso e não só aqui, parece que as pessoas querem atingir fins sem olhar a meios. Confesso que comento em demasia mas leio na integra o que me interessa, e o facto de comentar é uma pequena expressão da minha opinião.
    Ri-me imenso com o exemplo que deste, ler uma palavra e no fim é totalmente o oposto do que a pessoa pensou ahaha
    Abraço, Rodrigo | OOTD

    ResponderEliminar
  3. Concordo com a tua opinião. Bom post. Gostei.

    SIGAM-ME NO INSTAGRAM | TUMBLR | BLOG | BLOG SOBRE FITNESS | BLOG DE COZINHA | BLOG DA COR SEMANAL DAS UNHAS | NÃO SE ESQUEÇAM DE LER O MEU ULTIMO POST linklinklinklinklinklinklinklinklinklinklink.
    _____________

    Por acaso até hoje só fiz 2 textos negativos mas foi o suficiente para perceber que 70% das pessoas que comentam não lêem. Foi quase como a tua mórbida história dos cachorrinhos, disse que um batom não prestava, o feedback foi "Fiquei com imensa vontade de experimentar"... hum.
    Outra coisa que me deixa cheia de comichões é quando fazem comentários no nosso blog a responder ao que dissemos no post dessa pessoa e nem sequer mencionam nada do texto onde respondem com o belo "r: ainda bem que gostaste", mas isso não impede ninguém de se tentar promover à mesma.
    Acho que uma parte importante de ter um blog é gostar de ler e escrever. Geralmente isso resulta em que as pessoas escrevam muito. Sinceramente eu prefiro posts com um bom texto e bem pensados. Para mim um blog é quase como uma revista e lamento mas não gasto quase 4€ só para ver as imagens, portanto não o vou fazer aqui só porque é de graça.

    ResponderEliminar
  4. Ai agora sinto-me mal xD O meu último comentário aqui foi bastante pequeno :o

    Eu concordo com tudo o que disseste. Eu já recebi comentários a dizer "ai gosto muito do que escreveste, vou seguir, passa pelo meu". Sinto-me na obrigação de ir... E vou! -.- Chego lá e até posso fazer um comentário. Mas depois a pessoa caga para o meu blog, nunca mais comenta, nem segue. "Ai Lud, até parece que só comentas para ter seguidores!", dizem agora vocês. Mas quem é que não pensa nisso? Se eu me esforço em comentar - comentar com pés e cabeça - também gostava que fizessem o mesmo, como é evidente. Mas tal como disseste, já ninguém se dá ao trabalho de ler tudo. Basta comentar algo genérico e pronto, pensam que é suficiente.

    Eu não comento toda a gente que sigo. Deus me livre! Não teria vida! Só comento quando quero acrescentar algo mais ou apenas soltar um desabafo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente! Claro que os comentários são uma maneira de promovermos os nossos blogs, mas não invalida o facto de escrevermos algo "com pés e cabeça".

      Não te preocupes, nem sequer pensei na dimensão dos comentários haha. Nem sempre a quantidade é sinónimo de qualidade :)

      Eliminar
  5. Eu faço isso: se gostar do texto, leio tudinho e comento. Se não gostar... nem me atrevo. Sigo para outro post que me seja mais motivador (isto acontece-me muito em blogues de moda... Nada contra, mas não é a minha praia).
    Aconteceu-me à uns tempos colocar um texto de experiências um bocado mais negativas e os comentários não foram os melhores.
    E também já aconteceu, num blogue que adoro ler, o excerto transito do livro em questão abordar o toque de uma violação e eu ler comentários como "adoro", "texto mais lindo". Obviamente que as pessoas nem leram o que se tinha colocado e acredito que se para mim foi revoltante ler aqueles comentários para a blogger mais ainda (tanto é, que depois ela deu a sua palavra.. Obviamente!).

    Isto faz-me lembrar o tempo do Hi5. Haha

    Beijinho*
    (E tinha saudades de navegar pelo teu blogue! e olha o Teoria de Tudo Sobre Nada é agora o Há Pêssegos na Lua)

    ResponderEliminar
  6. Eu acrescentaria mais um tipo: aqueles que não não leram o que publicaste nem nada o que tenhas publicado até então e que apenas comentam para dizerem "Sigo-te. Segue-me de volta."


    Confesso que às vezes digo apenas que concordo completamente com o que foi escrito e não digo mais nada, mas posso justificar isso de forma muito simples. Se digo que concordo é porque dei-me ao trabalho de ler desde a primeira à última palavra e no final cheguei à conclusão que sim, que concordo e concordo tanto que dizer isso basta porque simplesmente tudo o que havia a dizer já foi dito.

    ResponderEliminar
  7. Desculpa lá, mas eu "concordo com a tua opinião" xDDD. É exatamente o que eu penso! Fico extremamente chateada quando me esforço bastante para escrever um post em condições, e chega lá uma criatura com o típico comentário "adorei o post!" e depois deixam ali 50 links. Amiga(o), eu sei que tu só leste o título e o 1º parágrafo, e se eu quiser visitar o teu blog, vou encontrar as tuas redes sociais por lá, ou não? É revoltante e desmotivador, porque, tal como disseste, os comentários são a nossa melhor fonte de feedback.
    No outro dia estava a ler um review de um produto capilar, e a rapariga dizia que não tinha gostado nada dos resultados. E o que aparece nos comentários "Adorei, vou experimentar!", olha que interessante...
    E aqueles que só comentam quando tu comentas no blog deles? Tristeza xD

    xoxo

    ResponderEliminar
  8. Não lêem e comentam "Gostei." só para não dizer que não escreveram um ":)" como já me aconteceu. Preferia que nem dissessem nada. Nós publicamos coisas que gostamos e nos identificamos, só esperamos que comentem uma opinião ou então não comentem. Simples!

    Quanto à imitação, o que mais vejo são as entrevistas a blogger's mas pronto, respeito. Mas preferia ver e ler coisas diferentes.

    R.: Foi muito divertido, até chorei de rir! Devias ir, vais gostar de certeza!

    ResponderEliminar
  9. Admito que nunca tinha vindo ao teu blogue e amei o post, está divertido e verdadeiro.
    Amei o "Desde que matei o primeiro aos 7 anos que ando louco" x) Eu por acaso leio sempre os posts que comento e por isso mesmo tenho tão poucos comentários, porque só retribuo quando gosto mesmo!
    Acho piada à tua forma de escrever, venham mais !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado! Fico feliz por saber que gostaste do post :)

      Eliminar
  10. Normalmente vou visitar todos os espaços das pessoas que comentam o meu blogue. Mas nem sempre comento no blogue delas. De que me vale dizer palavras sem sentimento se não me revejo naquilo que estou a ler? Tal como não comento nos blogues com respostas aos próprios comentários que me fizeram. Se vou visitar os espaços que gosto é para comentar aquilo que estou a ler. Claro que por vezes faço comentários curtos - quem não faz? - mas tento, ao máximo, escrever alguma coisa minimamente de jeito.

    Acho que devias fazer mais textos destes. É sempre engraçado ler as variadas opiniões que surgem!

    ResponderEliminar
  11. Confesso que há dias em que a minha paciência para ler grandes textos é nula mas nessas ocasiões opto por comentar outros posts do/a blogger em questão que sejam mais curtos de ler ou então deixo o comentário que esse blogger me fez por aceitar e assim noutro dia, quando estiver com mais paciência, volto ao blog desse blogger e leio as coisas com a devida atenção.

    Outro tipo que me faz urticária (como bem disseste) é aquele em que nem sequer lêem o título, é o típico: «segui, segues-me?» e eu fico tipo «sigo se gostar e só por vires com essa atitude nem me darei ao trabalho de abrir o teu blog!!!». A sério, é irritante e desrespeitador!

    ResponderEliminar
  12. Eu descobri o teu blog quando te tornaste seguidor do meu e, depois de fazer o que faço sempre nos blogs que não conhecço, ou seja, ler o que se fala no blog, ver se gosto, faço-me seguidora e venho visitar esses blogs com frequência. Nem sempre comento. Mas leio sempre. E se entender do assunto ou de alguma forma posso contribuir, nem que seja com a minha opinião, comento. Enquanto dona de um blog, o que me dá gosto é ver que quem comentou gostou do que leu, ou pelo menos leu. Se não leu, não comente.


    Estiveste bem :D

    ResponderEliminar
  13. Realmente o pior que nos podem fazer (a mim, neste caso) é comentarem um post só com "concordo e adorei o teu blog. segue-me no mendigodeseguidores.blogspot.pt". No fim, acabo por me sentir mal por ninguém ter-se dado ao trabalho de ler o que escrevi com tanta dedicação. Mas como é óbvio, há coisas que não mudam, e existirem destas pessoas é uma delas!

    ResponderEliminar
  14. Primeiro de tudo, adorei o teu primeiro exemplo dos cães. Simplesmente divinal! E depois, tenho-te a dizer que quando comecei com o meu blog, (a uns 5 messes atras) eu fazia isso. Nao minto, fazia! Apesar de nao ser por mal, lá acontecia uma vez ou outra, ou porque o post estava demasiado seca e nao conseguia ler tudo, ou porque eu sou uma distraida total e acabava de ler e ja me esquecia o que la tinha escrito. Atualmente só leio o que me chama a atenção, ou em blogs que eu realmente gosto. Sabes que acho que isto acontece principalmente em blogs de moda, quando mostram outfits e depois ninguem sabe o que comentar? Que seca.

    Blog

    ResponderEliminar
  15. Já me aconteceu uma situação semelhante à dos cães. Alguém disse que gostava não sei do quê e o post estava distante, distante desse assunto. Mas "pronto". Por acaso leio sempre os posts, da primeira à última palavra. Se assim não fosse, então estava eu a escrever para quê? Pode ser sobre um assunto que me interessa imenso, sobre a vida das pessoas ou simplesmente sobre um verniz. Gosto de ler e gosto de quem diz sempre mais alguma coisa. Contudo, há blogs que limitam os comentários porque não há grande coisa a acrescentar além de dizer que sim, gostamos da cor, sim, gostamos do produto, etc. O resto fica na consciência de cada um. E agora vou deixar o meu humilde link, se me permites haha

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Considero esse tipo de leitores "SPAMS" pelo fato de que apenas querem promover o seu blog deixando um link sem ler 2 parágrafos da postagem. Ridículo as pessoas que comentam "Gostei, legal" é meio que um SDV da blogosfera. Se não leu, não comenta!

    ANDYZANDO

    ResponderEliminar
  17. Em relação à leitura dos textos, faço sempre questão de os ler do início ao fim, não querendo correr o risco de estar a concordar com a matança de um animal, mesmo que seja um entre muitos numa quinta no Alentejo!
    Mas, confesso, que já caí na tentação de tecer comentários como aqueles que exemplificaste. Nunca fui daquelas pessoas que fizesse uma propaganda imensa, na qual tu te perguntas se essa pessoa vendeu a alma ao Diabo para fazer tanta publicidade ao espaço dela. Mas tenho dias em que os meus comentários não são nada por aí além, o que é mais frequente em textos onde não nos é pedido muito mais que um simples "gostei" ou "concordo contigo". No entanto, sinto-me orgulhosa por não ser aquele tipo de pessoa que deixa comentários de uma só palavra. Tento sempre ir um pouco mais além, mesmo sendo um tanto complicado.

    ResponderEliminar
  18. acho que ao longo do tempo me deixei de escrever posts tão longos à conta disso mesmo... agora que penso nisso faz sentido lol

    ResponderEliminar
  19. Isso é o pão nosso de cada dia na blogo, tens de te habituar! E acredita que já foi pior, do que me lembro. Agora as publicações maiores estão a ganhar mais destaque e isso só pode ser bom. Eu gosto de todo o tipo de publicações - de uma linha ou de cem -, mas confesso que prefiro ir a um blogue que tenha publicações maiores, pois assim acabamos por trocar mais opiniões e tal. Aliás, acho que percebes isso aqui no teu blogue. As tuas publicações são todas razoavelmente grandes e eu costumo comentar com frequência. E faz todo o sentido que assim seja. Mas há quem esteja cá para ter visualizações no blogue e, para isso, dá o ar da sua graça durante uns segundos no nosso blogue para ver se pega com mais um. O melhor a fazer é ignorares :)

    ResponderEliminar
  20. Confesso que faço parte do grupo que retribui aos comentários. Confesso que não faço por mal, mas nem sempre me lembro de visitar os blogs, mas quando as pessoas comentam no meu, eu lembro-me e vou ao deles comentar também.
    Quanto aos comentários "Gostei, continua", acho um tanto desrespeitosos. Sempre que vou fazer um comentário leio sempre os posts completos e se, eventualmente, não tiver nada de jeito para falar, prefiro nem comentar do que desrespeitar assim as pessoas. E daqui também vem o "concordo com a sua opinião", mas, no caso desta publicação, concordo mesmo coma tua opinião!

    Para terminar, diria que vou começar a seguir o teu blog e acrescento o link do meu xD

    Catarina Gomes | Ahhh, eu também vi esse blog planner!! Babei muito quando o vi e agora você tornou a falar dele e quase só quero chorar, é lindo demais <33
    Queria ter todos os itens dessa lista (exceto pelo celular, tenho o meu há quase um ano e estou muito satisfeita com ele, então enquanto não estragar, está perfeito ^^), mas agora esses esmaltes e essas carteiras...Quero, quero, quero!

    Catarina Gomes | http://cenasdumaraparigacomplicada.com/

    ResponderEliminar
  21. Enganei-me a colar o link do meu blog, elimina a última parte do comentário, desculpa...

    Catarina Gomes | http://cenasdumaraparigacomplicada.com/

    ResponderEliminar
  22. não pude deixar de me rir, porque apesar de ter um blog pequenino (não espero que um dia venha a ser muito popular e não me importo com isso, porque gosto de ter o meu pequeno cantinho), também já tinha reparado em muitas dessas coisas!
    eu gosto de ler os posts todos (pelo menos aqueles que tenho intensão de comentar), até porque senão fico sempre com a sensação de que estou a comentar algo um bocado ao lado :/
    não nego que gosto de ter uns comentários no meu blog, mas também já dei por muitas situações em que ignoravam factos que depois não ficavam muito coerentes com o que diziam.
    e também sei que quanto mais escrevo, menos as pessoas lêem. no entanto, não é por isso que de vez em quando lá me deixa de sair um extenso monólogo Hehe

    beijinho*
    Dreams and Lemonade

    ResponderEliminar
  23. Olha, gostei. Pahahah :D

    Agora a sério: essa do "gostei. LINk x 1000" é capaz de ser a coisa mais irritante à face da terra. Isso ou fazeres uma review a dizer mal de alguma coisa e receberes um "que giro, também quero" de volta. GENIAL. PALMAS. Viva o respeito! -_-

    Jiji

    ResponderEliminar
  24. De facto, o que escreveste é uma realidade bem presente hoje em dia aqui pela blogosfera.
    O pessoal limita-se a ler o título, o 1.º parágrafo e a última frase e comentam coisas completamente descabidas.
    Mais uma vez ri-me ao ler o teu post pois revejo o mundo da blogosfera tal como o descreves.
    Não gosto mesmo nada do tipo de pessoas que não te seguem, não querem saber minimamente do teu blogue e que só comentam o teu blogue porque tu comentas o delas. Isso para mim é o cúmulo!

    http://glamourandsparkletrends.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...