Pages

quinta-feira, 9 de julho de 2015

CINEMA | O que tenho andado a ver

Com tanta conversa sobre música e séries apercebi-me que andava a negligenciar outro dos meus grandes amores, o cinema. Não foi propositado, mas acabei por ver duas longas metragens de acção e duas de terror. Apesar de ser um quarteto, foi o suficiente para haver um claro 'vencedor' e um 'fracasso' total. Não perceberam? Então vamos lá falar sobre os filmes.

Classificação IMDb: 8.5/10
Classificação Ghostly Walker: 9/10
Vou ser honesto e dizer que antes de o ver, não dava nada pelo filme. Não sei se pela temática apocalíptica (já tão saturada), ou se por achar que era um filme sobre corridas de carros. Santa ignorância. O certo é que assisti ao 'Mad Max Fury Road' e afirmo com toda a certeza que é um dos melhores filmes que vi nos últimos anos

A história gira em torno de Mad Max (Tom Hardy), um polícia renegado num mundo regido pela lei do mais forte. Num futuro pós-apocalíptico, Max acaba por se juntar a um grupo de rebeldes liderados pela "Imperatriz" Furiosa (Charlize Theron), uma mulher corajosa que anseia poder mudar a vida das pessoas. Este grupo, em fuga da cidadela tiranizada por Immortan Joe (Hugh Keays-Byrne), libertou um grupo de mulheres escravizadas. Sedento de vingança e determinado a recuperar cada uma das prisioneiras, o vilão dá início a uma implacável perseguição.

Com a realização, produção e argumento de George Miller - o criador da trilogia original da década de 80, e que deu a Mel Gibson o reconhecimento internacional - é importante entender que a beleza de 'Fury Road' não é apenas a questão de ter muita acção. Ao contrário de outros filmes do género, por exemplo os 'Avengers', aqui a acção é bastante realista. Miller evitou ao máximo a utilização de efeitos especiais, resultando em sequências absolutamente incríveis e brutais.


Classificação IMDb: 7/10
Classificação Ghostly Walker: 7/10
O que me chamou à atenção para 'Chappie' foi o elenco. Quer dizer, foi a junção quase descabida de actores como Hugh Jackman, Sigourney Weaver, Dev Patel e Sharlto Copley (na voz de Chappie), e ainda os rappers sul-africanos Yo-Landi Visser e Ninja, elementos do grupo Die Antwoord. É caso para dizer #Random.

A acção passa-se em Joanesburgo, África do Sul. Num futuro próximo, a polícia transformou-se numa força opressora e robotizada que defende os interesses do governo sem se preocupar com as dificuldades da população. Como resposta, é criado um 'robot' de uma programação mais avançada que, para além dos seus poderes sobre-humanos, lhe confere sentimentos e inteligência própria. O robot Chappie "nasce" com a mentalidade de uma criança, capaz de aprender, improvisar e transformar-se a cada dia. Enquanto há quem veja nele a esperança que precisavam para agir contra a corrupção policial, as autoridades vêem nele uma verdadeira ameaça à lei e ordem estabelecidas. Como tal, estão determinados a destruí-lo e garantir que nunca mais seja replicado.

Li críticas óptimas e outras menos boas sobre este filme. Posso dizer que fui surpreendido pela positiva. Resolvi ver o "thriller" futurista realizado por Neill Blomkamp ("District 9", "Elysium"), com o meu irmão por achar que ia ser uma cagada e, mais uma vez, estava enganado. Como tive familiares a viverem em Joanesburgo, a mensagem de Chappie foi bastante clara. É um ataque (nada) subtil à corrupção das forças policiais daquela zona.


Classificação IMDb: 7/10
Classificação Ghostly Walker: 7/10
Passemos agora para a segunda parte da lista, os filmes de terror. 'It Follows' conta a história de Jay (Maika Monroe), uma jovem de 19 cuja vida se resumia a escola, amigos e fins de semana na piscina. Depois de um encontro sexual aparentemente inocente, ela começa a ser atormentada por visões tiradas de um pesadelo. Não se conseguindo livrar da sensação de que alguém ou alguma coisa está a segui-la, Jay sente que está a enlouquecer. À medida que a ameaça se aproxima, a jovem e os seus amigos devem, de alguma forma, escapar aos horrores que os seguem mais perto do que imaginam.

Não vou mentir, apesar de interessante, o enredo deixa muito a desejar. Aviso-vos desde já que se estiverem à procura de um filme que vos faça saltar do sofá a cada cinco minutos, estão no sítio errado. Se por outro lado preferirem um ou dois sustos de parar o coração e uma fotografia brilhante, então continuem a ler. 

Começando pela banda sonora impecável, 'It Follows' evoca a nostalgia da época de ouro dos filmes de terror. Sim, tem alguns clichés fáceis do género indie, como a questão do sonho americano dos subúrbios e o apoio em zooms que tentam gerar angústia. Sem saber o que iria acontecer a seguir, não consegui manter-me descansado durante o filme inteiro. É incrível como a simples imagem de uma idosa a caminhar lentamente na nossa direcção é o suficiente para nos deixar aterrorizados.


Classificação IMDb: 5.2/10
Classificação Ghostly Walker: 3/10
Um grupo de jovens médicos obcecados com a morte e os seus mistérios, decide encontrar uma forma de a reverter. Após anos de pesquisa e inúmeros testes realizados em segredo, acabam por descobrir uma fórmula - a que dão o nome Lazarus - que se revela eficaz em animais. Certo dia, no laboratório de testes, uma das médias (Olivia Wilde) sofre um acidente e morre electrocutada. Desesperados, os colegas usam Lazarus para trazê-la de volta. Ao despertar, a rapariga está aterrorizada com o que acredita ter sido a experiência do inferno. Quando começa a demonstrar um temperamento instável e algumas capacidades sobrenaturais, o grupo percebe que quando a ressuscitaram ela não voltou sozinha.

Desculpem-me o comentário que se segue, mas é inevitável. Que bosta! O tempo inteiro só conseguia pensar como é que a Olivia Wilde aceitou entrar num filme desta qualidade?!. Já devem saber que adoro temáticas sobrenaturais, mas depois de ver o 'Lazarus Effect' começo a questionar as minhas escolhas cinematográficas. A história até tinha potencial se fosse correctamente desenvolvida. Nem me façam falar dos efeitos especiais. Graças a este filme fui forçado a aumentar a classificação que atribui ao 'Annabelle'.
Realizado por David Gelb, o elenco conta ainda com nomes conhecidos como Evan Peters, Mark Duplass, Donald Glover e Sarah Bolger.


Já viram algum dos quatro filmes? Qual foi o vosso favorito e o que gostaram menos?

8 comentários:

  1. Vi todos menos o Chappie e partilho das tuas opiniões.
    O Mad Max está mesmo brutal, lembro-me de estar com a boca aberta de 5 em 5 minutos no cinema. O It Follows fez-me ficar com cara de "wtf" durante o filme todo, não percebi mesmo nada basicamente. O Lazarus effect fez-me bocejar lol! x

    ResponderEliminar
  2. Bem, os de terror só com companhia. Estou com vontade de ver o Mad Max. As maratonas que fiz com os anteriores haha

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Heey!
    Adorei o post, fiquei muito curioso para assistir Mad Max e It Follows ^^
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderEliminar
  4. Ainda não vi nenhum e, dos mencionados, só ouvi falar do Mad Max

    ResponderEliminar
  5. Dos quatro mencionados, apenas vi dois: o Mad Max e o Chappie.
    Já tinha ouvido falar alguma coisa sobre a saga do Mad Max, mas nunca foi algo que me interessasse muito. Não via interesse naquilo. Até que o meu pai me puxou e disse "ou vamos ver isto ou deixas de ser minha filha". Resta dizer que essa pequena "chantagem" resultou e não é que eu gostei do filme? Caramba, se não soubesse diria que aquilo tudo foi feito num estúdio, com montes de duplos e ecrãs verdes. Não só gostei dos personagens, de todos eles, mas como amei a banda sonora. E tenho de admitir, o meu momento preferido foi quando eles estavam em perseguição e aparece um carro com um guitarrista e com quatro outros tipos lá atrás.
    Relativamente ao Chappie, também não tinha expectativas nenhumas e gostei bastante. Eu sou do género de pessoa que não consegue ver um filme com robots e inteligência artificial, porque fico sempre com a porra da lágrima no canto do olho. O Chappie não foi excepção. Sobretudo quando estavam a educá-lo e quando ele pensava, ou melhor, processava, que estavam a fazer mal ao "pai" dele.

    ResponderEliminar
  6. Que ótimo post! :D

    Dos que referiste, só me falta ver o Mad Max e o Chappie. E quero mesmo muito ver os dois!!
    E sobre o "The Bosta Lazarus Effect": penso o mesmo que tu. Risos.

    Até mais,
    Salada de Fruta

    ResponderEliminar
  7. super concordo com vc quando falou que é dos melhores filmes que ja assistiu. estou falando do Mad Max Fury Road, maravilhoso. Os outros eu nem assisti. adorei seu blog e seguindo.

    blogboynews.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  8. Estou com muita curiosidade para ver o Chappie.. gosto muito dos filmes desse realizador e como sou da África do Sul gosto sempre de ver filmes que se passem lá.. :D

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...