Pages

domingo, 24 de maio de 2015

Festival Eurovisão 2015


Devo ser um dos poucos jovens portugueses que se interessa pela Eurovisão. Desde criança que os meus pais sempre assistiram aquela que é considerada a maior competição musical do mundo. Inevitavelmente, converti-me.

Antes mesmo do final da divulgação dos votos, a Suécia consagrou-se campeã do 60º Festival Eurovisão, organizado em Viena, Aústria, sucedendo a Conchita Wurst. O cantor Måns Zelmerlöw venceu com a música Heroes, ficando à frente da russa Polina Gagarina, e dos italianos Il Volo. A Suécia obtém assim a sua sexta vitória, tendo ganho pela última vez em 2012 com a Euphoria de Loreen.


Não precisam ser espectadores assíduos para saberem que, infelizmente, o importante neste programa de música não é a qualidade musical, mas sim o aspecto dos concorrentes, os adereços, e o mais importante, a quantidade de países vizinhos que têm. 

 

Quem merecia ter ganho, de longe, era a Itália. O trio de "ópera pop" foi apontado desde o início como o grande favorito à vitória devido à brilhante Grande Amore. Ainda assim, foram superados por um cantor com uma carinha bonita que não só levou uma cópia da Lovers on the Sun do David Guetta, como ainda foi acompanhado de uma coreografia gráfica do mais alto nível. Não admira que a Itália tenha ficado 14 anos sem participar devido à palhaçada que é a votação.

 

Ao contrário dos último anos, esta edição teve um leque de concorrentes bastante forte. Enquanto que no ano passado facilmente conseguíamos apontar o top 3, desta vez não.

O meu top 10:
1. Itália
2. Azerbaijão
3. Espanha
4. Estónia
5. Noruega
6. Suécia
7. Rússia
8. Austrália
9. Israel
10. Letónia
Top 10 do Público:
1. Itália
2. Rússia
3. Suécia
4. Bélgica
5. Estónia
6. Austrália
7. Israel
8. Albânia
9. Letónia
10. Sérvia
Top 10 Oficial ("júri" + Público)
1. Suécia
2. Rússia
3. Itália
4. Bélgica
5. Austrália
6. Letónia
7. Estónia
8. Noruega
9. Israel
10. Sérvia
Ou seja, se apenas contassem com a votação telefónica do público, a Itália ganhava. A pontuação dada pelo suposto "júri" de cada país, colocava os italianos em apenas 6º lugar, ficando atrás de países como a Letónia, Bélgica e Austrália. Por favor.

 

Como podem ver, gosto da música sueca, apenas penso que deveria ter ficado mais a baixo. Se me chocou a Itália não ter ganho, pior ainda foi a posição dos nuestros hermanos. Tenho consciência que, tal como Portugal, nunca têm o devido valor, mas estava à espera de mais do que o 21º lugar. Até a Austrália que foi uma convidada especial por ser a 60ª edição, conseguiu alcançar a 5ª posição, enquanto que os anfitriões da noite, a Aústria, ficaram em último lugar com 0 pontos (empatados com a Alemanha, também com 0 pontos). Ridículo.

A minha família é a única que vê Eurovisão ou vocês também? Se sim, quais foram as vossas músicas favoritas?

9 comentários:

  1. Eu também adoro ver o festival! Eu gostei da música de Portugal (que não passou à final), de Espanha, da Suécia, da Itália e do Azerbaijão.

    ResponderEliminar
  2. You're not alone. Vejo desde sempre e confesso que fico toda entusiasmada haha Não me importei que tivesse ganho a Suécia. Gostei da música e da actuação. Como disseste, fiquei admirada por haver músicas tão boas. Não é normal, tendo em conta os outros anos. Mas ainda bem!

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Não gosto, nunca gostei e duvido que alguma vez gostará. O que me fascina é que todos os anos reclamas do mesmo: países vizinhos, injustiças, etc., mas continuas a ver. Para o ano ouves o concerto dos Muse comigo, tá? xx

    ResponderEliminar
  4. Antes via com os meus pais, depois perdi esse hábito. Não gosto do programa, não gosto das canções e concordo com o que disseste de como escolhem os vencedores.

    ResponderEliminar
  5. Sempre gostei de ver, desde novo, e gosto de acompanhar! Mas este ano não tive oportunidade...

    ResponderEliminar
  6. Tudo o que disseste é verdade. Também acho que a Itália merecia muito mais ter ganho, foram mesmo espetaculares!

    ResponderEliminar
  7. É a primeira vez que vejo um blog a falar da Eurovisão...eu gosto muito de ver, aliás gostava muito de ver até a nossa Vânia Fernandes que levou uma música brutalissima, cheia de emoção e de cultura portuguesa para lá, mas depois fomos brindados com homens da luta e outros artistas horriveis...e deixei de ter interesse em ver..no entanto sempre que via..vibrava muito, é um excelente festival! :)

    xoxo, Sofia Pinto
    Morning Dreams | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  8. Este ano não consegui ver, estava a estagiar :(
    Agora tenho que ir back in time para ver e só depois é que posso dizer o meu top :p

    ResponderEliminar
  9. Também adoro ver a Eurovisão! Tal como tu não fiquei 100% satisfeita com o vencedor e só ganhou porque tinha aquele cenário todo. Por mim ganhava a Itália ou a Bélgica, isso sim! Achei que este ano foi uma cerimónia um pouco fraca e que muitos se limitaram a esperar que o cenário chegasse. Acho que houve gritos (sim, gritos) a mais. Espero que para o ano seja melhor e que Portugal consiga ir à final.

    Ganhaste uma nova seguidora, podes agradecer à Marta por te mencionar no blog dela. (:

    xx

    lenaspetals.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...