Pages

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Dad Bod: Uma pança sensual


Portanto, existem os metrossexuais (homens com cuidados estéticos), os spornssexuais (homens muito musculados preocupados em despertar o desejo através do corpo), os lumberssexuais (despreocupados com a aparência e com barbas compridas), e agora temos o dad bod (basicamente significa "corpo de pai").

A nova moda foi criada por uma estudante universitária norte-americana para definir os homens que apesar de terem uma "barriga de cerveja", preocupam-se, minimamente, com actividade física. Falamos portanto de uma barriga saliente e braços pouco tonificados. Segundo a jovem, os dad bod são aqueles homens que "vão ao ginásio de vez em quando, gostam de beber cerveja aos fins-de-semana e não dispensam comer oito fatias de pizza de uma vez". Nunca digo que não a pizza, mas daí a querer parecer que estou a gerar uma vida dentro de mim, vai uma grande distância.

Não são os homens com excesso de peso, "mas também não são modelos com abdominais definidos". "Apesar de todas as mulheres adorarem um homem musculado, há qualquer coisa no dad bod que faz com que os homens pareçam mais humanos, naturais e atraentes", explica Mackenzie Pearson de 19 anos, no seu blog The Odissey

(Chris Pratt antes e depois de Hollywood)
Até aqui tudo bem. Embora deteste a ideia de colocar rótulos, especialmente em pessoas, agradam-me o facto de se estar a celebrar um tipo de corpo. Não fiquei satisfeito foi com o que a estudante disse em relação às "vantagens" para as mulheres em andarem com um homem assim. "Não nos intimida. Não precisamos de um homem com um corpo esculpido ao nosso lado. Já somos inseguras o suficiente." Ou seja, ela aceita que as mulheres têm mais dificuldades do que os homens quando se trata de questões de imagem corporal, mas usa-os para que elas se sintam melhor. 

A Mackenzie continua, "As mulheres gostam de ser a parte bonita do casal. Queremos parecer magras, e quanto maior for o homem, menor nos sentimos e melhor ficamos ao lado dele numa fotografia." Afinal o dad bod não é sobre gostar verdadeiramente do corpo do homem, é sim sobre como o corpo faz a mulher se sentir. Além de extremamente egoísta, também assume que o dad bod tem mau aspecto, caso contrário, não faria a mulher sobressair. 

Para o escritor Brian Moylan, o dad bod é uma "atroxidade sexista". "O problema do dad bod é que continua a reforçar a desigualdade sobre o que é aceitável para homens e mulheres. Enquanto as senhoras têm que ir à aula de pilates para controlar as calorias, os homens podem ser preguiçosos, comer as batatas fritas que quiserem e ainda esperam que as suas companheiras estejam em forma", critica na revista Time.

Sim, a definição é sexista. O surpreendente é que os homens gostam. Verdade seja dita, a maior parte dos homens adora ser tratada como objectos sexuais. Resta saber é se quem apoia esta tendência também reconhece o corpo das mulheres, principalmente as mães, que ficaram com os seus corpos alterados depois da gravidez.

Estão a favor ou contra esta moda?

11 comentários:

  1. Acho que cada um gosta do que quer, e isto é uma fase, daqui a uns tempos já volta a mudar a moda!

    ResponderEliminar
  2. Tanto se me dá, como se me deu. para mim, não serve =P mas cada um sabe de si.
    (e olha que há mamãs com corpos muito melhores que muita gente! =P)

    ResponderEliminar
  3. Uma moda desnecessária, eu diria... tal como os rótulos x)

    ResponderEliminar
  4. Devemos mesmo é nos tornar melhores no que pudermos sempre, não pelos outros e sim por nós mesmos!
    Boa postagem!!!
    Abraços

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Se me dessem uma desculpa para me desleixar eu também ia gostar. Mas concordo com isso de ser a mais gira da relação *cof cof*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tss. Até parece que tens muitas razões de queixa.

      Eliminar
  6. Obrigado Ricardo!!! É sempre receber os teus comentários. :)

    Creio que é uma "moda" que acaba por ser desnecessária até porque acabam por incluir pessoas que nem sequer pensam da mesma maneira mas que, ao fim a cabo, acabam por ter ter somente o mesmo aspeto. :P
    Vai-se lá entender esta sociedade que arranja rótulos para tudo!!

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  7. Eu não gosto de ser a mais bonita haha Parece que temos que nomear tudo hoje em dia. São gordinhos, pronto. So what. Todos temos atracções diferentes. Caso contrários, ficávamos todos 'pra tios :)

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. O problema nesta questão é o facto de ela existir...estilos de vida que se refletem no corpo, algo que nos representa, não deviam ser moda. Não. Esta coisa dos rótulos e das modas...ai!

    ResponderEliminar
  9. Daqui a uns meses a moda é outra.... como sempre. É tão absurdo usar o corpo como moda -.- Mais absurdo ainda é ler a opinião dessa estudante que diz que "há qualquer coisa no dad bod que faz com que os homens pareçam mais humanos, naturais e atraentes". Mais humanos? Desde quando é que o corpo define o coração da pessoa? Santa paciência!


    Marquei-te numa tag, Ricardo. Se quiseres responder, estás à vontade :P http://ludutopia.blogspot.pt/2015/05/tag-das-series.html

    ResponderEliminar
  10. eu ja estou nesta moda faz tempo! eu tenho um super DADBOD! rsrsr

    ResponderEliminar

Obrigado pela leitura e comentário!
Eventuais questões serão respondidas aqui, na respectiva publicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...